O Fórum AG também está no WhatsApp. Peça para algum administrador do chat incluí-lo!

[Tópico Oficial WhatsApp - Peça aqui]

25 de Abril, 2019, 09:29:00

Autor Tópico: Cotas  (Lida 3482 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Re: Cotas
Resposta #25: 3 de Setembro, 2012, 13:25:00
0
0
Não estou dizendo que quem vem de escola pública não vai chegar a lugar nenhum, o colégio que fiz o 2º grau tb era público e isso não me impediu de chegar aonde cheguei, fazendo faculdade pública, sem usar de nenhum artifício, e passando em concursos públicos. Mas isso já sai da discussão que está sendo feita, o fato é que as cotas não contribuem para resolver o problema geral. E se fulano ou beltrano se deram bem depois usando as cotas, aposto que mesmo sem isso ele se daria bem na vida, pois quem é bom vai atrás e atinge seus objetivos, e não fica arrumando desculpas.


Re: Cotas
Resposta #26: 26 de Outubro, 2012, 12:41:00
0
0
Bem, eu sou a favor das cotas de 50% por alguns motivos.
Agora, eu acho um absurdo essa ser a única cartada.

Não sei se é verdade, mas eu li uma matéria a um tempo atrás em que dizia que a UFMG iria oferecer aula de reforço para os alunos que viessem de escolas públicas (muitos alunos de escolas privadas se manifestaram com o argumento de que se eles não eram capacitados pra entrarem por conta própria eles não estariam capacitados para acompanhar o ritmo das aulas). Eu achei sensacional. De fato, percebi que entrar na faculdade é fácil. Só não é tão fácil sair. Espero que seja verdade esse programa na UFMG.
« Última modificação: 2 de Novembro, 2014, 10:15:44 por Jujucristine »



Re: Cotas
Resposta #27: 26 de Outubro, 2012, 14:05:00
  • Guan Zhuge
  • Visitante
0
0
Acho que toda universidade federal tem isso, um programa de apoio para alunos desnivelados. Alguns apenas não sabem procurar.

Re: Cotas
Resposta #28: 26 de Outubro, 2012, 14:08:00
0
0
"Guan Zhuge"
Acho que toda universidade federal tem isso, um programa de apoio para alunos desnivelados. Alguns apenas não sabem procurar.

Ah é?
Eu não sabia disso. Pensei que era novo. Que bom então.



Re: Cotas
Resposta #29: 26 de Outubro, 2012, 15:26:00
0
0
Acho ridículo 50% de cotas. Deveriam aumentar o nível do ensino médio e não diminuir o nível do ensino superior... Se você pegar as estatísticas, dos cotistas, quantos conseguem terminar um curso de medicina ou engenharia? Se continuarem a entrar gente na faculdade sem preparo nenhum, ninguém vai se formar e vamos ter problemas. Numa turma de bacharelado em matemática numa faculdade pública, de 40 alunos, se formam 2 ou 3. Isso porque a maioria tinha alguma instrução, agora imagina se metade desses 40 não tiverem nenhum preparo? vão largar a faculdade no primeiro período e isso é fato.
Estudo numa universidade em que 100% das vagas foram pelo ENEM (que convenhamos, não avalia NADA). Minha turma começou com 40 alunos, estou no quarto período e agora somos 16 e a tendência é se formarem uns 5, no máximo... Isso porque não teve cota nenhuma e foi só pelo ENEM...

Re: Cotas
Resposta #30: 26 de Outubro, 2012, 16:14:00
1
0
Filipe
Acho ridículo 50% de cotas. Deveriam aumentar o nível do ensino médio e não diminuir o nível do ensino superior... Se você pegar as estatísticas, dos cotistas, quantos conseguem terminar um curso de medicina ou engenharia? Se continuarem a entrar gente na faculdade sem preparo nenhum, ninguém vai se formar e vamos ter problemas. Numa turma de bacharelado em matemática numa faculdade pública, de 40 alunos, se formam 2 ou 3. Isso porque a maioria tinha alguma instrução, agora imagina se metade desses 40 não tiverem nenhum preparo? vão largar a faculdade no primeiro período e isso é fato.
Estudo numa universidade em que 100% das vagas foram pelo ENEM (que convenhamos, não avalia NADA). Minha turma começou com 40 alunos, estou no quarto período e agora somos 16 e a tendência é se formarem uns 5, no máximo... Isso porque não teve cota nenhuma e foi só pelo ENEM...
DEVERIAM, mas não vão. E se não vão, fazer o que?
O engraçado é que não se via tanta gente protestando contra o péssimo ensino nas escolas publicas quanto tem agora que as vagas das instituições privadas estão ''diminuidas''. Uns alegam ''preocupação com o ensino escasso da rede pública'', o que pra mim é o argumento mais engraçado de todos.

Anyway, eu particularmente acredito que isso irá motivar a melhoria do ensino fundamental/médio das escolas publicas. Com tantas pessoas que de súbito passaram a se preocupar com a merda que é oferecida aos alunos e professores da rede pública, é bem possível que não seja mais necessária as cotas. Mas por enquanto elas são. As cotas são oportunidades e não garantias de sucesso. E não são só os que ''não entraram preparados'' que se dão mal na faculdade, mas também os ''filhinhos de papai'' (os que tem tudo na mão) que ao invés de ficarem dentro de sala vão se drogar ou se embebedar ou paquerar ou qualquer outra coisa e não valorizam o que tem (estou falando DOS QUE FAZEM ISSO e não generalizando, pra não perigar alguém interpretar errado tá x.x).

Eu acho justíssimo cada um brigar de acordo com seu nível. É muito desproporcional me colocar pra brigar por uma vaga com alguém que está muito mais preparado do que eu. Agora os alunos de ensino privado estão em uma luta justa, com pessoas que tiveram basicamente o mesmo grau de ensino e os da rede pública também. Dos dois grupos vão sair os melhores. Nisso, nada mudou.

Eu sou bolsista pelo ProUni e vejo meus colegas bolsistas muito mais dedicados e preocupados em manterem uma boa média do que os que estão pagando. Não todos, mas a maioria. Inclusive eu já ouvi falar que os bolsistas tem mantido uma ótima média no ensino superior. Eu DUVIDO que essas cotas irão diminuir o nível do ensino oferecido pelas universidades.
« Última modificação: 2 de Novembro, 2014, 10:14:28 por Jujucristine »



Re: Cotas
Resposta #31: 26 de Outubro, 2012, 16:47:00
0
0
Desculpa, mas o nosso Ministro do Supremo Tribunal Federal, que agora é o "cara da moda", é filho de pedreiro e que sempre estudou em escola pública e hoje é um dos homens mais poderosos do Brasil... Quem quer, consegue. Conheço gente humilde e que estudou em escola pública que tá aí fazendo faculdade pública e não precisou de cota e nem de "sorte de enem". A maioria desses "filhinhos de papai" que estão aí fazendo uma faculdade de engenharia ou medicina, por exemplo, demoraram 2 anos estudando feito um louco pra poder passar, tendo tido um ensino médio bom ou não.
Não é só falar mal do ensino público e dizer de "filhinho de papai"... Filhinho de papai de verdade estuda em faculdade particular... se eu pudesse pagar, estudaria numa PUC, por exemplo. (Pra que fique claro, não estou dizendo que todo mundo que estuda em particular é)
"É o certo", "vai melhorar"... pura utopia. As universidades tão fazendo isso pra ganhar uma rendinha a mais do governo e não para o bem de todos. Quem conhece, sabe como é ridículo e ineficiente o sistema de ingresso a universidades públicas hoje em dia.
Você e eles ganharam uma bolsa que não foi dada de mão beijada, meu amor. Claro que vocês vão valorizar. Agora me põe um monte de gente sem preparo e que entrou numa universidade federal de ponta com pouco esforço, de bandeja. (É isso que representa 50% de cotas.)
E as cotas não vão diminuir o nível do ensino, mas com certeza a quantidade de pessoas que se formarão.

Re: Cotas
Resposta #32: 26 de Outubro, 2012, 17:07:00
1
0
Quem quer, consegue. Conheço gente humilde e que estudou em escola pública que tá aí fazendo faculdade pública e não precisou de cota e nem de "sorte de enem".
Yep. Quem quer, consegue. Mas não é por que muitos comeram o pão que o diabo amassou que todos devem comer, né? Quero dizer, ah, se centenas de pessoas humildes venceram na vida, então não precisam cuidar nem do ensino médio ou fundamental das redes públicas, afinal, o ''o nosso Ministro do Supremo Tribunal Federal, que agora é o "cara da moda", é filho de pedreiro e que sempre estudou em escola pública e hoje é um dos homens mais poderosos do Brasil''. Vamos deixar como está por que pra quem quer está funcionando, certo?

A maioria desses "filhinhos de papai" que estão aí fazendo uma faculdade de engenharia ou medicina, por exemplo, demoraram 2 anos estudando feito um louco pra poder passar, tendo tido um ensino médio bom ou não.
Não é só falar mal do ensino público e dizer de "filhinho de papai"... Filhinho de papai de verdade estuda em faculdade particular... se eu pudesse pagar, estudaria numa PUC, por exemplo. (Pra que fique claro, não estou dizendo que todo mundo que estuda em particular é)
Yep, méritos do aluno que estudou feito louco e demorou dois anos estudando para poder passar mas que tiveram uma base inegavelmente superior a muitos dos seus concorrentes.
* Na verdade, muito filhinho de papai estuda em faculdades federais pelo prestígio.

"É o certo", "vai melhorar"... pura utopia. As universidades tão fazendo isso pra ganhar uma rendinha a mais do governo e não para o bem de todos. Quem conhece, sabe como é ridículo e ineficiente o sistema de ingresso a universidades públicas hoje em dia.
Se é pura utopia, por que sugere que o ensino médio seja melhorado? Então, pra você, nada deve ser feito? É utópico a melhoria do ensino médio? As coisas deveriam simplesmente ficar como estão? Está bom assim? NUNCA nada é feito para o bem de todos. Sempre tem um pingo de egoísmo, querendo favorecer a si mesmo ou a alguém. Ainda mais se tratando de algo tão grande.

Você e eles ganharam uma bolsa que não foi dada de mão beijada, meu amor. Claro que vocês vão valorizar. Agora me põe um monte de gente sem preparo e que entrou numa universidade federal de ponta com pouco esforço, de bandeja. (É isso que representa 50% de cotas.)
''Meu amor'' (não entendi o por que se referir a mim dessa maneira, visto que não há motivo nenhum para ser sarcastico, irônico ou qualquer outra coisa que você tenha tido a intenção de ser, mas que não foi legal pois você não tem o hábito de me chamar assim nem por brincadeira), eu sei MUITO BEM que não foi de mão beijada. Só não é ''claro que vamos valorizar'' assim como não é claro que alguém que teve tudo de mão beijada vá valorizar. Não é tão óbvio assim. Tem muito filhinho de papai sim que não valoriza o que tem e tem muita gente beneficiada por cotas que da mesma forma não valoriza o que tem.

Bah.
Sério, não sei pra que isso.
Enfim, essa é minha opinião.[/color]
« Última modificação: 2 de Novembro, 2014, 10:12:36 por Jujucristine »



Re: Cotas
Resposta #33: 26 de Outubro, 2012, 17:28:00
  • Guan Zhuge
  • Visitante
0
0
Filipe, não são apenas alunos de escola pública que reprovam nas engenharias e ciências exatas. Lembro-me que me formei com mais duas pessoas, de uma turma de cinquenta alunos. Os três formandos vieram de escola pública, enquanto mais de trinta alunos de escola particular atrasaram o curso em mais de um ano.

Eu sou a favor de cotas sociais, mas não sou a favor de facilitar o curso. Lá dentro, quem tiver capacidade que se garanta. Podem haver atividades de nivelamento por parte dos departamentos, mas nunca baixar o nível da turma só porque os alunos tem um nível levemente inferior. É tarefa dos alunos se adequarem ao ambiente e rigor da universidade.

Re: Cotas
Resposta #34: 26 de Outubro, 2012, 17:29:00
0
0
Não tô falando que tá tudo bem, e sim que os 50% de cotas não resolvem nada. Muito pelo contrário, na minha opinião, piora.
Filhinho de papai que conseguiu passar estuda em universidade federal por prestígio, é diferente. Eu entendo claramente que tem gente que não teve o mesmo ensino. Eu sei, não fiz em escola pública, mas o meu ensino médio foi uma merda. Se não fosse o pré-vestibular que eu fiz e as horas de estudo, eu com certeza teria ido muito mal na faculdade.
O Ensino no Brasil é ruim, mas não é fazendo isso (que citei os pontos que eu acho que não favorecem) que vai melhorar. Existem vários meios de melhorar o ensino público, mas políticos prometem, prometem e nunca cumprem e no final a "jogada de gênio" é isso...
Desculpa se pareceu irônico, não foi minha intenção. O lance de valorizar vai de pessoa pra pessoa, é claro. Não dá pra generalizar. Eu só quis dizer que muitos não valorizarão a oportunidade que vão ter. Vão tomar a vaga de gente que, na minha opinião, merecia bem mais.

Filipe, não são apenas alunos de escola pública que reprovam nas engenharias e ciências exatas. Lembro-me que me formei com mais duas pessoas, de uma turma de cinquenta alunos. Os três formandos vieram de escola pública, enquanto mais de trinta alunos de escola particular atrasaram o curso em mais de um ano.
Eu sei disso, o que eu quis dizer era que muita gente que entra sem preparo e "fácil" desiste rápido.

Eu sou a favor de cotas sociais, mas não sou a favor de facilitar o curso. Lá dentro, quem tiver capacidade que se garanta. Podem haver atividades de nivelamento por parte dos departamentos, mas nunca baixar o nível da turma só porque os alunos tem um nível levemente inferior. É tarefa dos alunos se adequarem ao ambiente e rigor da universidade.
Não sou contra cotas sociais. Sou contra 50% de cotas sociais.

Re: Cotas
Resposta #35: 26 de Outubro, 2012, 17:57:00
  • Guan Zhuge
  • Visitante
0
0
Por que tem pessoas que acham que os alunos que entram pelas cotas são tão inferiores assim? Eles não estão dando oportunidades para os piores alunos da rede pública, mas sim para os melhores. Existem várias instituições públicas de qualidade que são contabilidadas para as cotas, mesmo sem precisarem dela. É o caso da Academia Militar das Agulhas Negras e dos institutos federais de educação tecnológica, por exemplo. Vocês esquecem que o ENEM servirá para escolher universidades em qualquer canto Brasil todo. De um modo ou de outro, os alunos que entrarão por essas cotas virão de instituições tão boas ou melhores que as particulares, alunos merecedores.

Eu sou a favor de cotas regionais, 50% ou mais de vagas reservadas para alunos do estado da universidade. Sem isso, muitos alunos do Norte e Nordeste acabam vindo estudar no Sudeste, pois a educação do Sudeste é mais precária que o resto do país.

Re: Cotas
Resposta #36: 26 de Outubro, 2012, 18:10:00
0
0
"Guan Zhuge"
Por que tem pessoas que acham que os alunos que entram pelas cotas são tão inferiores assim? Eles não estão dando oportunidades para os piores alunos da rede pública, mas sim para os melhores. Existem várias instituições públicas de qualidade que são contabilidadas para as cotas, mesmo sem precisarem dela. É o caso da Academia Militar das Agulhas Negras e dos institutos federais de educação tecnológica, por exemplo. Vocês esquecem que o ENEM servirá para escolher universidades em qualquer canto Brasil todo. De um modo ou de outro, os alunos que entrarão por essas cotas virão de instituições tão boas ou melhores que as particulares, alunos merecedores.

Eu sou a favor de cotas regionais, 50% ou mais de vagas reservadas para alunos do estado da universidade. Sem isso, muitos alunos do Norte e Nordeste acabam vindo estudar no Sudeste, pois a educação do Sudeste é mais precária que o resto do país.
Tem muito mais coisas pra serem analisadas antes de dizer que alguém é "inferior" a alguém. Não devo ter sido claro ou não soube me expressar, quando se tem uma prova decente e que realmente avalie o nível do aluno, tudo bem. Sou totalmente contra as cotas (50%, principalmente) no ENEM, que pra mim não avalia nada. Eu fiz o ENEM 3 vezes. As notas são totalmente aleatórias, o sistema não é justo e as notas não condizem. Não digo por mim mesmo. E as cotas nesse caso não vão filtrar decentemente assim. Conheço gente que não sabe nada, fez uma prova ruim e que tirou nota maior que pessoas que acertaram 80% daquela prova maçante que mede resistência . e quer colocar cotas, que seja algo um pouco mais justo e digno.
Inclusive com isso, eu realmente entendo e concordo quando você fala de alunos de instituições de qualidade que concorrem por cotas, também acho errado.

Obs: Eu estou falando o que eu vejo, tendo entrado pelo ENEM e tendo visto essas coisas de perto durante algum tempo. Não é meramente achismo.

Re: Cotas
Resposta #37: 26 de Outubro, 2012, 22:51:00
0
0
Acho que escolas públicas federais não entram em cotas .Apenas as estaduais e municipais.Por exatamente terem o ensino maior,eles tiraram essas escolhas;(ou seja nada de militar,cefet,if,pedro segundo e etcs);O que acho justo pelo nível de ensino.

Eu ainda não consigo entender perfeitamente a cota racial!O argumento deles é termos que pagar o preço do sofrimento da escravização por todos os anos.Mas não sei se isso seria muito certo,se alguém puder descrever isso melhor.

Sou a favor da cota social,mas não sei se seria tão grande assim.Porém no fundo,esse sistema de ensino não sei se seria o melhor,como podemos avaliar as pessoas por uma certa habilidade ?É o mesmo que aquela história dos animais diferentes pedirem para subir em uma árvore.É um outro ponto a ser discutido!

Re: Cotas
Resposta #38: 10 de Abril, 2013, 23:48:00
0
0
não li as respostas por pura preguiça... hahaha
hj estou tentando me manter acordada esperando meu amor chegar da faculdade...

enfim...

Cota é apenas uma tentativa do governo tentar remediar as doenças da educação básica que tem uma diferença GIGANTESCA entre pública e particular...

parece que vai resolver o problema mas não vai... com muitas pessoas chegando as universidades com pouca educação de base, a qualidade do ensino superior vai cair...

educação forte em todas as fases desde o primeiro ano até o ensino médio é o que realmente resolveriam os problemas desse país...
MAIS APAIXONADA DO QUE NUNCA!!!!!

Re: Cotas
Resposta #39: 24 de Junho, 2013, 19:26:00
  • Jungon Masculino

  • Dono do Café
  • Administrador
  • Deus
0
0
Posso estar falando uma grande asneira, mas... em 1966, a copa do mundo não teve nenhum time africano, pois eles alegaram que queriam uma vaga direta pra copa em vez de disputar vaga com asiáticos.. sem contar que teve o Apartheid (?), ... e então, o pessoal da Fifa resolveu adicionar uma cota pra entrar sempre um time africano na copa... independente da ideia e do acontecido até aí, em 1970 Marrocos perdeu 2 jogos e empatou 1, 1974 Zaire perdeu os 3 jogos, um de 9 a 0, 1978 chegou a Tunísia, que finalmente fez 1 vitória e 1 empate,.. em 1982, lá vinham 2 aficanos xP Camarões e Argélia, .. ambos ficaram em terceiro do grupo e caíram fora..... mas eles continuaram deixando entrar 2, e depois 3, e depois 5, .. hoje em dia, parece que as cotas da copa funcionaram +D africanos "do mundo todo" (LOL) lutam por uma chegada até semifinal xP ....

Mas falando em universidade, .. ouvi falar que as cotas tão dando certo o.o que os que entram pelas cotas tão estudando tanto ou mais que os que não foram pelas cotas à faculdade... +D talvez um dia elas não sejam mais necessárias, mas hoje em dia, parece que tá funcionando o.o na real o certo é que se melhore a educação geral primeiro, e um dia, se tudo der certo, as cotas vão naturalmente deixar de ser relevantes até sumirem +D ..... xP
*Jungon* kawaii lover ^__^ if I was a rich girl, nanananananananananananananana.. ♫







Dai-Yoh, meu sentai :3 Episódio novo quando eu puder voltar a escrever... i.i

Re: Cotas
Resposta #40: 25 de Junho, 2013, 00:36:00
0
0
sou a favor das cotas... só acho que nao deveriam haver TANTAS...

Re: Cotas
Resposta #41: 20 de Janeiro, 2014, 17:12:00
0
0
Pra mim isso é só mais uma prova da falha do sistema público. Escola é igual e grátis pra todos e bibliotecas gratuitas tem em qualquer cidade até mesmo na própria escola. Não tem motivo pra dizer que não pode aprender só porque é pobre. E isso só acaba sendo injusto pros outros que tem que dar a vaga pra quem foi mal nos testes só porque ele tem algo que se encaixa nas cotas.

Re: Cotas
Resposta #42: 22 de Janeiro, 2014, 19:38:00
0
0
Eu nunca entendi como um país que é contra o racismo na própria constituição federal pode instituir cotas raciais nas escolas e concursos públicos, alguém pode me explicar?


Re: Cotas
Resposta #43: 23 de Janeiro, 2014, 03:36:00
  • Jungon Masculino

  • Dono do Café
  • Administrador
  • Deus
0
0
"shunt"
Eu nunca entendi como um país que é contra o racismo na própria constituição federal pode instituir cotas raciais nas escolas e concursos públicos, alguém pode me explicar?
Acho que eles veem isso como uma tentativa de inclusão de pessoas que não estão estavam conseguindo passar no vestibular, mas... do jeito que nós estamos vendo a situação, é como se falar de racismo fosse racismo... +D
*Jungon* kawaii lover ^__^ if I was a rich girl, nanananananananananananananana.. ♫







Dai-Yoh, meu sentai :3 Episódio novo quando eu puder voltar a escrever... i.i

Re: Cotas
Resposta #44: 23 de Janeiro, 2014, 04:33:00
0
0
"Jungon"
"shunt"
Eu nunca entendi como um país que é contra o racismo na própria constituição federal pode instituir cotas raciais nas escolas e concursos públicos, alguém pode me explicar?
Acho que eles veem isso como uma tentativa de inclusão de pessoas que não estão estavam conseguindo passar no vestibular, mas... do jeito que nós estamos vendo a situação, é como se falar de racismo fosse racismo... +D
Não é bem assim. O que acontece é que dar cotas a negros apenas por serem negros é o mesmo que afirmar que negros tem menos capacidade para estudar ou aprender, ISSO é racismo. Não é tratando negros, índios ou pardos como "coitadinhos" e passando a mão na cabeça deles que se consegue combater o racismo ou se adquire uma educação decente. Até porque, acho interessante isso, antes do vestibular todo mundo gosta de brincar de Michael Jackson invertido, é um tal de branquelo virando pardo e pardo virando negro que vou te contar viu.

Cotas para escolas públicas são válidas, já que infelizmente a educação de nível médio e fundamental que o governo fornece é uma bela bosta quando comparada à rede particular.

Re: Cotas
Resposta #45: 23 de Janeiro, 2014, 05:38:00
0
0
"the_kira"
Cotas para escolas públicas são válidas, já que infelizmente a educação de nível médio e fundamental que o governo fornece é uma bela bosta quando comparada à rede particular.
Em se tratando de conteúdo, acaba sendo a mesma coisa, pois ambas, tanto a governamenal quanto a particular tem o conteúdo e o métodos didáticos regulado pelo MEC, acaba tudo caindo na decisão do governo.

Eu estudei em escola pública e particular e sinceramente, as únicas coisas em que escola pública era diferente é que eles não pagam por besteira e aulas praticamente inúteis (ensino religioso? ficar estudando sobre várias religiões e fazendo atividades em grupo, isso não vai ser usado em faculdade alguma, e ainda significa menos tempo que se passa estudando as matérias "úteis"), não vão ter clubes e coisas assim, ou te pagar por agendas e ter que comprar seus livros (que no caso são piores os do governo, mas no fim o assunto ainda é o mesmo de qualquer forma porque é regulado), e que os alunos estão pouco se lixando pra aprender... Professores não é desculpa também porque boa parte dos meus professores da escola particular dava aula em escola pública também e isso vai mudar entre qualquer escola. Só que os alunos que os pais tão pagando a escola não ficam vagabundeando por aí, e a escola pega um pouco mais no pé, então as aulas vão melhor, mas se o assunto é aprender, você pode fazer isso em qualquer lugar, é só querer, coisa que alguém que te pergunta numa aula de inglês o que significa "he" ou "she" quando já teve aulas de inglês a anos não parece estar fazendo. É a única grande diferença que notei: os próprios alunos.
(Claro, particular ainda é melhor no geral mas a diferença é muito mais cultural, no comportamento e disciplina dos alunos do que do sistema de ensino. A única diferença mesmo é que a particular pega mais no pé, enforçando disciplina mas não é uma diferença grande pra que possa dizer que quem está em pública não vai aprender, ou vai aprender coisas diferentes, só não aprendem porque não querem, mesmo porque sempre tem blibliotecas gratuitas que todo mundo parece ter pavor)

Não deveria é ter cota alguma, no máximo ter pra pessoas com alguma deficiência mental. Quem quer aprender aprende, quem não quer não aprende, é simples assim. Não precisa nem mesmo de escola pra isso se a pessoa realmente quer aprender.

Re: Cotas
Resposta #46: 2 de Fevereiro, 2014, 20:45:00
2
0
Claro que quem quer aprende, a questão não é essa. O fato é que a maioria absoluta dos alunos de escolas públicas estão fora das universidade, enquanto a maioria absoluta dos de escolas particulares estão dentro. O governos não pode se apoiar no argumento de que qualquer um pode aprender se quiser, até porque a força de vontade de quem não tem estrutura financeira e familiar deverá ser muito maior. O esforço é dobrado.
O papel do Estado é incluir, diminuir a diferença social, e com cotas se faz isso.

Re: Cotas
Resposta #47: 2 de Fevereiro, 2014, 20:59:00
0
0
O esforço de ir numa biblioteca ler um livro é o mesmo pra qualquer um, assim como de prestar atenção na aula, mesmo que chegar até lá possa ser mais difícil pra um que pra outro. A maior diferença e que deve ser o motivo de tamanha diferença em quem passa é que simplesmente, quem está pagando, está mais interessado, ou é forçado pelos pais a estudar, enquanto quem vai pra escola pública, ou não paga cursos, está em sua grande maioria pouco se lixando, e passa metade da aula conversando pra não aprender nem o básico da matéria que o professor explicou. (em escola particular, por outro lado, todo mundo presta atenção, pergunta, acaba a tarefa e depois sim vai conversar, porque senão toma esporro dos pais quando chegar em casa).

Essa diferença é grande o suficiente pra ser o principal motivo disso tudo, e não é nada que cotas vá resolver, perigoso até mesmo piorar porque os alunos parte das cotas sabem que podem passar com notas baixas porque tem menos competição, e estudam menos ainda.

Quem quer aprender, aprende, quem não quer você pode tentar explicar o que for pra ele, vai entrar por um ouvido e sair pelo outro. Se tem alguma coisa que o governo possa tentar fazer pra tornar escolas públicas melhores é justamente isso, tornar elas melhores, como por exemplo fazer as escolas menos tolerantes a baderna. Só deixar mais fácil pras pessoas de escolas públicas passarem no teste não ajuda em nada, e não faz o menor sentido.

Re: Cotas
Resposta #48: 2 de Fevereiro, 2014, 21:24:00
0
0
Resumir educação a "esforço de ir a biblioteca" está muito errado. Que tal professores bem pagos, material didático de qualidade, estrutura familiar, ambiente pró ensino? Sua visão é muito idealizada, não reflete a realidade.

Re: Cotas
Resposta #49: 2 de Fevereiro, 2014, 21:36:00
0
0
Ir à biblioteca não foi a única coisa que mencionei, também mencionei prestar atenção nas aulas, que já é o mais importante pra todos os que vão à escola. E como disse antes, professores de escola particular muitas vezes dão aula em escola pública, e vice versa, não adianta querer culpar eles. Livros. Eles são padronizados pelo MEC, então todos tem o mesmo conteúdo, só é apresentado de forma diferente, no fim se o livro não for tão bem feito acaba só dando mais trabalho pro professor que não pode depender tanto dele, ele ainda tem um roteiro de matérias a seguir que vai ser o mesmo em qualquer escola.

Família: Isso não é coisa que o governo possa mudar, se os pais não cobram do filho estudar, ou não ensinam a ele que é importante, o governo é que não vai ensinar no lugar deles.

Minha visão não é idealizada, estou apenas me focando no mais importante e principal problema, e também na minha própria experiência tendo estudado tanto em escolas particulares quanto públicas. Escolas públicas podiam até ser idênticas em mordomias quanto as particulares, se os alunos continuassem os mesmos, não ia mudar muita coisa, porque eles é que não querem estudar nem aprender.

E como disse, colocar cotas não resolve coisa alguma, pode até mesmo piorar o problema.