Você conhece o Sarahah, Visitante? É uma espécie de rede social onde você pode mandar mensagens anônimas.


O Fórum AG está no Sarahah, e você pode mandar sua mensagem pro crush no tópico Correio do Amor ou alguma pergunta mais séria no Desabafos e Conselhos Anônimos.


[Mande sua pergunta!]

23 de Outubro, 2019, 02:39:02

Autor Tópico: Indenização das famílias dos detentos mortos  (Lida 1039 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Indenização das famílias dos detentos mortos
: 10 de Janeiro, 2017, 21:50:17
0
0
Acredito que todos/as devem ter visto os casos dos presídios de Manaus e Roraima... Um fato que está sendo muito discutido é a indenização das famílias... Então, gostaria de saber a opinião de vocês. Vou deixar links sobre isso:


Indenização por mortes de presos tem valor mínimo de R$ 10 mil, diz DPE-AMs


Senadora Kátia Abreu Discorda de indenização aos familiares dos presos mortos em Manaus (ok... Ela provavelmente quer aparecer, mas não deixa de ser verdade o que ela falou)

STF não pediu R$ 9 bi em indenizações a famílias de presos mortos


Infelizmente, eu sei que pela nossa querida, idolatrada, salve salve "lei" é verdade que esses seres grotescos que foram mortos durante as rebeliões tem direito a indenização por estarem sobre a custódia do Estado. Independente do crime que o infeliz cometeu.


:3

Família  ♥
Forever ♥
Magina =x
Talvez XD

Re: Indenização das famílias dos detentos mortos
Resposta #1: 11 de Janeiro, 2017, 19:44:06
0
0
sabe, eu não sei se concordo ou discordo disso.
os dois lados têm bons pontos.
mas até onde eu sei vai acontecer.

agora, uma vez que o estado dita o que devemos ou não fazer,  não esraríamos todos sob a custódia dele?

Re: Indenização das famílias dos detentos mortos
Resposta #2: 11 de Janeiro, 2017, 20:10:51
  • Jungon Masculino

  • Dono do Café
  • Administrador
  • Deus
0
0
As famílias deles não são famílias de criminosos o.o
*Jungon* kawaii lover ^__^ if I was a rich girl, nanananananananananananananana.. ♫







Dai-Yoh, meu sentai :3 Episódio novo quando eu puder voltar a escrever... i.i