Segundo alguns AGers, o PODER FLOODER se manifesta do âmago de nosso ser. Alguns dizem ser uma força, uma energia latente que se concentra nas palmas das mãos. Outros, que seria uma energia misteriosa, um poder oculto que se alimentaria de nossas emoções mais sombrias. A verdade é que, muitos dizem conhecer essa força, mas poucos realmente chegaram a manifesta-la.

26 de Junho, 2019, 16:52:34

Autor Tópico: [HISTÓRIA] ZHUYAN XIN  (Lida 279 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

[HISTÓRIA] ZHUYAN XIN
: 2 de Julho, 2015, 17:22:57
0
0
    Resolvi postar aqui uma antiga História de um fórum de RPG especifico que eu estava montando... Queria continuar a ideia da História, ou quem sabe até rolar um RPG, vou esperar para ver a recepção das pessoas com o inicio dessa história.

    Então aqui segue:

Espero sinceramente que gostem.

------------------------------------------- x x x x x x x

ZHUYAN XIN
O começo da Nova Era e da Criação

    Os pés descalços avançavam ocupando espaço nos degraus, parecia que a cada passo que dava a distância do seu destino aumentava, bem talvez fosse apenas o corpo cansado que não mais funcionava direito, ou quem sabe a viagem até aquelas terras, abadonoando para trás o local de sua criação, bem, na verdade, sua criação estava à frente e não astrás, naquele lugar, que a muito tempo não via, cansou, bem, na verdade, tudo se resumia ao seu corpo exausto.
Os olhos vidro observavam por baixo das dobras pesadas, das palpebras cansadas e enrrugadas pelo longo tempo de uso, a imensidão que era aquele local, desde muitos anos a beleza era extrema e parece que com o tempo, com a idade, diferentemete dos humanos, diferente dele, ficava mais belo e mais sofisticado. Sorrisos e pequenas mãos passavam a acomapanha-lo ao final de sua jornada, as vozes e as risadas brilhavam pelo local que passavam dançando em sintonia com o vento que lhe cobria o corpo, isso fazia seus pulmões se inflarem mais e aguentar o restante da subida ingrime.

    Os rostos juvenis e infantis que lhe rodeavam e o ajudavam nos ultimos degraus eram belos e reluzentes, muitos possuiam algumas peculiaridades que o Sr não sabia identificar o que era exatamente e de onde haviam chegado, mas algo mudou a muitos anos, e algo continuava a mudar, afinal a rotação nunca parava e o improvável estava chegando, logo os sorrisos não seram mais sorrisos, e os lábios curvados e puros seriam preenchidos de desdem e medo, logo isso ocorreria, e ele sabia, justo ele, como nenhum outro, sabia o que vinha a acontecer.
Assim que venceu o último degrau e parou voltado para a praça onde as pessoas começavam a se aglomerar rodeando um pequeno banco no centro, ele não pode deixar de sorrir, um sorriso desengonçado que fez seus lábios racharem lentamente causando uma fina dor, uma das mãos que o acompanhavam até o banco lhe ofereceu um copo com agua o que foi sorvido por ele sem muito pestanejar. Sentou-se no banco sentindo todo o peso de seus anos sairem de seus ombros e fugirem pelo banco para a terra do local, seus olhos fecharam-se aproveitando a senssação de poder estar sentado e relaxado, seus pés cheios de calombose marcadas as andanças mecheram-se procurando relaxar pouco com aquele descanço merecido por ele.

     Assim que abriu novamente os olhos pequenos e curvos ele pode vero olhar de expectativa daqueles que o cercava, luzes haviam sido colocadas em circulo ao seu redor iluminando-o de baixo o que ajudava, já que aos poucos o sol se punha afastando a iluminação daquela linda cidade tragando-a para a escuridão da noite, e dessa forma outras pessoas saiam de suas casas aproximando-se daquele senhor que de muito longe vinha de anos em anos, décadas em décadas e as vezes centenas em centenas de anos para com sua voz ranhosa e macia contar-lhes histórias do passado ou do futuro.

    - Boa Noite... – sussurrou, a voz dele pouco mas rouca e ranhosa que o normal, ele parou bebeu mais um pouco da água que lhe serviram e puxou o ar para tentar colocar sua voz o mais alto e normal possível, não que fosse necessário, o silêncio quando ele começara a falar era tão absoluto que não se fazia necessário nenhum meio que aumentasse sua voz mais do que normalmente era – Vejo que muitos já não estão aqui, e outros pequenos nasceram desde minha última visita, sinto-me feliz pelas novas famílias e tristes pelas mortes, mas lembrem-se meus filhos a morte é apenas um estágio para a vida eterna.
 Muito concordaram e sorriram, outros ficaram tristes, possivelmente haviam perdido alguém e seus olhos ainda estavam vermelhos de tanto chorar, mas ele apenas os olhos e sorriu gentilmente de volta, quando pequenos murmúrios de crianças começou a correr a voz se levantou forte e impotente:

     - Por favor, se não houver silêncio como irei lhes contar minha história? – O silêncio se fez e ele sorriu – Não se trata uma história de minha autoria ou minha vivência, se trata da história de cada um aqui presente e como... Como as imensas ilhas do arquipelogo Xin, se ergueram aos ceus. Prestem atenção, pois essa história não é mais conhecia, não é mais contada e não é mais... Permitida.

“A cidade era um olocausto, enormes dragões de variáveis cores, cores inimaginaveis com fogos de força e formatos incriveis, humanos não ficavam em pé, crianças tomavam banhos de vermelho escarlate, sangue provido de diversas raças e cores, mas o sangue da mesma dor.” Elas eram como vocês de tamanho e idade, mas seus olhos náo possuíam mais brilhos, não sorriam não brincavam e a maioria não tinha carinho, eram crianças que não sabiam o que era ser criança... Bem – O senhor pigarreou para limpar a garganta e novamente voltou-se para as pequenas crianças assustadas, mas mais que interessadas – Voltando...


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: [HISTÓRIA] ZHUYAN XIN
Resposta #1: 2 de Julho, 2015, 17:32:15
1
0
Gostei do lado descritivo da história, parece bem interessante. Gostaria de ler mais, não deu para sentir os personagens ainda.

E, se decidir montar mesmo um RPG, é só chamar.

Ah, uma crítica construtiva: como o seu texto é muito descritivo, o excesso de vírgulas o deixou cansativo de ler. Talvez, dividir em mais parágrafos ou colocar uns pontos finais para substituir algumas vírgulas.

Re: [HISTÓRIA] ZHUYAN XIN
Resposta #2: 2 de Julho, 2015, 17:35:57
0
0
 Obrigada Kasdrael ! Sim Sim eu vou ficar atenta a isso, semrpe descrevo seguido que é bom ter outra pessoa lendo para ajudar nessa parte kkkkkk

 Sim, essa foi apenas para dar gostinho, to preparando a continuação ( depois de 5 anos ) 


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: [HISTÓRIA] ZHUYAN XIN
Resposta #3: 2 de Julho, 2015, 17:41:52
0
0
Sei bem como é, rs... o meu problema é o oposto do seu: costumo abusar dos parágrafos. XD
E não sou tão descritiva quanto gostaria.

Ouch! 5 anos?

Re: [HISTÓRIA] ZHUYAN XIN
Resposta #4: 2 de Julho, 2015, 20:24:45
0
0
 Podemos nos ajudar nisso! 

Sim, escrevi isso que postei a 5 anos atrás 
Por isso talvez esteja meio estranho também, mas ainda tenho a ideia na cabeça e anotado aqui e ali 


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: [HISTÓRIA] ZHUYAN XIN
Resposta #5: 2 de Julho, 2015, 20:31:24
0
0
Opa, adoro críticas construtivas!

Nossa, que coincidência, também tenho duas histórias gigantes de RPG que comecei há uns 6 anos atrás e nunca finalizei.

Até fiz uma campanha de RPG no AT baseada em uma delas, mas era tão grande que ninguém chegou no final, huauahau...