Segundo alguns AGers, o PODER FLOODER se manifesta do âmago de nosso ser. Alguns dizem ser uma força, uma energia latente que se concentra nas palmas das mãos. Outros, que seria uma energia misteriosa, um poder oculto que se alimentaria de nossas emoções mais sombrias. A verdade é que, muitos dizem conhecer essa força, mas poucos realmente chegaram a manifesta-la.

26 de Junho, 2019, 03:51:09

Autor Tópico: História 5 [BOTAN E VAINE]  (Lida 1130 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

História 5 [BOTAN E VAINE]
: 17 de Junho, 2015, 06:16:07
0
0
Japão, 2015, 16:20

- Quarenta minutos, só mais quarenta! – Fala baixinho, enquanto observa o relógio da parede.

Volta a responder os últimos e-mails do dia, até que enxerga um que chama a sua atenção:

“Botan, desculpa, mas precisarei de você mais tarde. Não vá embora.
Espera que, às 20:00, teremos uma reunião com um cliente importante.
Obrigado!”

O seu corpo inteiro paralisa.

- Reunião? 20:00? Ele está LOUCO? – Pensa, segurando para não gritar.

---- x ----

19:25


- Obrigado por ter esperado, Botan! Está com fome?

O seu chefe te oferece um pedaço do sanduiche dele. Você está com fome, mas lembra que ele tem o costume de não lavar a mão depois de ir ao banheiro.

- Hum... não, obrigada, eu trouxe um lanche. – Sorri, meio sem graça.

Mentira. Não existe lanche nenhum e a fome está começando a incomodar.

---- x ----

21:35


É o quinto dia seguido que você trabalha até mais tarde. Ontem, chegou quase meia noite em casa.

- E, então, Botan? O que acha disso? – O seu chefe está te encarando com um sorriso orgulhoso nos lábios.

Você não faz a menor idéia do que ele está falando e porque está tão orgulhoso.

- Eu acho... eu acho que é uma ótima idéia e que devemos começa-la amanhã! – Bate na mesa para soar mais confiante.

---- x ----

23:40


Cansaço, fome, dor de cabeça e sono. E, para piorar, dor nas costas. A reunião acabou e você sente que está morrendo aos poucos.

- Botan!

Olha para trás, é o seu chefe com o mesmo sorriso orgulhoso.

- Você foi demais hoje, os clientes te adoraram! Até nos convidaram para um jantar amanhã, esteja preparada! Traga uma roupa, ok?

A sua vontade é de bater com a bolsa direto na cara dele, mas a controla e responde:

- É claro... estou sempre preparada! – Tenta esboçar um sorriso, mas a dor de cabeça não deixa.

---- x ----

23:50


Finalmente, está em frente ao seu carro. Um suspiro. Abre a porta e senta no banco. Encosta a cabeça para trás e dá mais um suspiro.

- Calma, Botan, só mais uns dias e o mês acaba... aí... férias!

Solta um grito de felicidade e liga o carro.

---- x ----

00:00


Falta meia hora para chegar na sua casa. Cansaço, fome, dor de cabeça e sono. Muito sono.

- Bom, pelo menos, a dor nas costas foi embora. – Boceja.

- Ok, hora de ligar o rádio.

Você olha a estrada e está vazia. Abaixa um pouco sua cabeça para ligar o rádio e escolher uma música. Quando, de repente, aparece uma garota no meio da estrada.

- O que...?

Pega o volante com pressa e desvia, mas perde o controle do carro e vai parar fora do acostamento.

- Meu Deus... – Arregala os olhos e respira fundo, tentando acreditar no que aconteceu.

Você se lembra da garota e olha para trás, mas não vê ninguém.

O que você faz?
« Última modificação: 17 de Junho, 2015, 20:03:52 por Kasdrael »

Re: História 5 [BOTAN]
Resposta #1: 17 de Junho, 2015, 18:22:40
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
Tento ligar o carro novamente para voltar a estrada.

-Mais essa agora, preciso chegar logo em casa.
*Aproveito e ligo o carro*
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: História 5 [BOTAN]
Resposta #2: 17 de Junho, 2015, 20:03:29
0
0
A partir de agora, serão dois posts seguidos. Um seu, Rúbia, e outro do Vaine.
Caso um de vocês responda mais rápido que o outro, deixarei o post separado. Assim, nenhum dos dois precisa esperar.

---- x ----

Botan-chan

Quando consegue, finalmente, ligar o carro, alguém grita no seu ouvido:

- EU SEI O QUE VOCÊ FEZ!

Assustada, olha para trás, mas não vê ninguém. Volta a olhar para frente e percebe que tem uma garota em frente ao seu carro. É a mesma que você atropelou.

O que você faz?

---- x ----

Você tem duas opções nessa cena, que dependerão da rolagem do dado:

- Caso o número seja maior que 3, você fugirá da garota e voltará para casa.

- Caso o número seja menor que 3, você terá que sair do carro e eu continuarei a cena. O dano será igual ao número do dado.

---- x ----

Vaine

Japão, 2015, 13:45

É a quarta vez do mês que visita a sua irmã. A saudade dói no coração e você observa as flores que estão em suas mãos. Rosas vermelhas, como tanto gostava. Símbolo do amor que ela tanto sentia.

- Onii-chan, a beleza dessa rosa é grande, mas não maior que o meu amor por você!

A lembrança dessas palavras faz uma lágrima surgir em seus olhos. Parece que foi ontem que ela te disse tudo isso.

Os passos parecem pesar no seu corpo, mas continua caminhando em direção ao túmulo. O silêncio mórbido te faz lembrar de coisas que não quer.

- Eu sinto muito, senhor Vaine, mas a sua irmã não resistiu. Ela estava muito fraca e, infelizmente, faleceu ontem à noite.

Até o médico parecia triste com a notícia e ele sequer a conhecia. Uma garota doce, apenas dezessete anos, estava começando a desabrochar para a vida.

- Por quê? Me diz, Sayaka, por quê? – A sua voz está baixa, como se não quisesse sair dos seus lábios.

Finalmente, chega ao túmulo. As flores que deixou, na semana passada, continuam no mesmo lugar, apenas um pouco murchas.

- Eu voltei. Desculpa, não pude vir mais vezes... sentiu a minha falta?

Tira as flores murchas de dentro do vaso e coloca as novas no lugar.

- Hoje, o dia está ensolarado. É domingo. Lembra? Você gostava de passear pelo parque em dias como esse...

Mais uma lágrima escorre pelo seu rosto.

- Eu queria te levar para passear... desculpa, quebrei nossa promessa... e agora...

Limpa o rosto com uma das mãos e volta a olhar para frente.

- ... agora, você está longe e, nem que eu quisesse, conseguiria te levar para passear.

Olha para baixo, pensando em tudo que aconteceu.

- Eu prometo, vou descobrir quem foi que te machucou... e farei essa pessoa pagar pelo que fez! Eu prometo!

Fecha os punhos, apertando-os com força.

---- x ----

20:00


Você está sentado no chão, apenas de bermuda, com uma cerveja na mão direita. Várias cervejas vazias em cima da mesa e a televisão ligada, mas sequer escuta o seu barulho.

- Sayaka...

- Se você estivesse aqui, eu te daria um gole!

Levanta a garrafa e sorri, mas perde o equilíbrio e quase cai no chão.

- Onii-chan...

Escuta uma voz familiar, mas não consegue entender o que ela diz.

- O que...? – Olha para os lados, tentando entender.

- Onii-chan...

Uma voz baixa, delicada e carinhosa.

- Sayaka... é você? Estou sonhando?

Tenta se levantar, mas quase cai novamente. A tela do seu notebook acende e, nela, aparece a seguinte mensagem:

“Boa noite, tudo bem?
Eu sei que está procurando informações sobre um determinado acidente, posso te ajudar.
Conhece a estrada que fica no km35? Então, esteja lá, amanhã nesse mesmo horário, e vista uma camiseta vermelha.”

Sem nome e sem mais informações. Apenas o e-mail: responda@server2012.com.

O que você faz?
« Última modificação: 18 de Junho, 2015, 02:08:27 por Kasdrael »

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #3: 17 de Junho, 2015, 21:37:28
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
Achei que tivesse atropelado ela. Como algo assim pode acontecer?
*Com muito temor me preparo para acelerar com tudo*
Rolled 1d6 : 3, total 3
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #4: 17 de Junho, 2015, 22:18:09
  • Vaine Masculino

  • Rock'n'rollin' bitch
  • Médio
  • Vioninho
0
0
Ao notar a luminosidade vinda da tela do computador, esfrego os olhos, tentando recuperar um pouco da consciência. Tenho quase certeza que a voz era ou um sonho ou um fruto do efeito do álcool. Olho fixamente para a luz, tentando entender o que fez a tela se acender, mas a vista continua turva.

Aos poucos, engatinho em direção a maquina e finalmente consigo entender. Leio diversas vezes as palavras até que finalmente entendo seus significados.

Talvez se estivesse um pouco menos embriagado teria estranhado mais a situação, mas no estado em que estou apenas digitei uma resposta, sem nem ao menos importar com a ortografia.

"Ola, tenho simm interese nesse asssunto. Extarei por la, mas como sbarei qyem e´voce??/ qual seu noem?"

Aperto o botão e enviar e procuro novamente a garrafa.

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #5: 17 de Junho, 2015, 22:19:20
0
0
Botan-chan

Na hora em que você tenta acelerar, o carro engasga e morre. Não consegue ligar novamente, é como se estivesse quebrado.

Olha para a frente e vê que a garota ainda está ali, te encarando, como se esperasse acontecer alguma coisa.

- Por quê? Por que não liga? – Tenta acionar a chave mais uma vez, mas não funciona. Bate com as duas mãos no volante e abaixa a cabeça, tentando encontrar uma solução.

- Não está funcionando?

A mesma voz, mas num tom cínico, como se estivesse te provocando. Assustada, você levanta a cabeça e vê que, agora, a garota está sorrindo. É um sorriso assustador.

- O que...?

Não tem tempo para terminar a frase, o espírito avança na sua direção e agarra o seu pescoço com as duas mãos.

- EU SEI O QUE VOCÊ FEZ!

[Você tomou 3 de dano]

---- x ----

00:30


- AAAAAH!

Gritando, você acorda. O suor escorre pelo seu rosto e a respiração está ofegante.

- O que... o que foi isso?

Olha para os lados, procurando pela garota, mas percebe que não tem ninguém ao redor.

- Um pesadelo? – Suspira aliviada.

Olha para a frente e percebe que ainda está no seu carro, mas parada no acostamento.

- Céus, deve ser o cansaço, só pode...

Sorri e suspira novamente.

---- x ----

07:30


Por causa do que aconteceu, não conseguiu dormir direito à noite. O seu rosto está cansado e cheio de olheiras, nem a maquiagem resolveu o problema.

Entra no escritório e olha ao redor.

- Ok, mais um dia... falta pouco.

Levanta os braços e se espreguiça, sente o corpo relaxar.

- Bom dia, amiga! Alongamento, logo cedo?

É a sua melhor amiga, Mei, que olha para você e sorri. Abaixa os braços, levemente envergonhada.

- Pois é, um pouco de cansaço. – Sorri de volta.

- Nem me fala, também estou morta! O marido não me largou ontem, acredita?

Vocês caminham em direção às suas mesas e percebe que o seu computador está ligado.

- Ué, não lembro de ter esquecido de desligar... – Murmura, olhando para a sua mesa.

- O que houve?

A sua amiga senta e vira a cadeira na sua direção.

- Hum, não sei direito...

Você responde, enquanto mexe no mouse e aparece a seguinte mensagem:

“Bom dia, Botan. Tudo bem?
Parece cansada, por que será? Aconteceu alguma coisa ontem à noite?
É melhor sempre olhar para trás.”
Sem nome e sem mais informações. Apenas o e-mail: responda@server2012.com.

O que você faz?

---- x ----

Vaine

Off-topic: cara, eu ri muito com o seu e-mail. XD

Quando coloca a garrafa na boca para dar mais um gole, a tela se acende novamente.

“Fico feliz com a sua resposta, mas parece um pouco embriagado.

Não se preocupe, meu amigo, eu saberei quem é você. É só aparecer com a camiseta vermelha.

Até amanhã à noite!”

Você termina de ler o e-mail, mas não sabe se entendeu corretamente ou não. Lembra apenas de algo relacionado a cor vermelha.

- Acho... que eu não estou bem...

Olha para a tela do computador, mas sente a visão escurecer.

- Durma, onii-chan, você precisa descansar.

Sente duas mãos, nos seus ombros, te empurrando para baixo, mas não enxerga ninguém.

- Está tudo bem... – A voz murmura no seu ouvido.

Você tem quase certeza que é a sua irmã, mas pensa que é a bebida falando. Os seus olhos ficam cada vez mais cansados. O seu corpo está pesado. Olha ao redor e enxerga um vulto ao seu lado, mas sua visão está embaçada.

- Oyassumi, onii-chan.

Sente alguém acariciando o seu cabelo com muito carinho, mas não entende quem é.

---- x ----

09:58


Primeiro toque de celular.

- Huuum...

Segundo toque de celular.

- Huuuuuuuuuuuum...

Terceiro toque de celular.

- Mas que droga!

Com raiva, você pega o celular e atende.

- Alô!!! – Grita, com nenhuma paciência.

- ... alô...?

- QUEM É? – Continua gritando. Sente a sua cabeça latejar.

- Hum... Vaine, é você? Está tudo bem?

- EU PERGUNTEI QUEM É?

- Sou eu, a Mia... não reconhece a minha voz? Você bebeu de novo?

Na hora em que escuta o nome da pessoa, o seu corpo para. Mia é sua quase namorada, que você conhece faz dois meses.

- ... Mi-Mia? É... é você mesmo? – Gagueja.

- Sou eu, é claro. Responde, sinceramente, você bebeu?

Engole a seco, pensando na resposta certa.

- Um... um pouco?

- Isso foi uma pergunta? VAINE!

- Des-desculpa! Eu juro, foram só umas garrafas!

- Eu não acredito que...

Você sabe que o sermão vai começar e, por isto, fecha os olhos e apenas escuta.

- Onii-chan... – Um sussurro.

- O que? – Assustado, abre os olhos.

- O que o quê, Vaine? Você não está me escutando de novo?

- Não... não é isso, é que...

Quando começa a se explicar, escuta um barulho. A tela do seu notebook acende.

- Hein? Ele ligou sozinho, foi isto mesmo?

Olha para o notebook, tentando entender a situação.

- Er, Mia, espera só um segundo.

Quando se aproxima da tela, encontra a seguinte mensagem:

“Bom dia, meu amigo.

Está menos embriagado hoje? Talvez, com dor de cabeça?

Apenas confirmando se ainda se lembra da nossa reunião hoje à noite.

Não se esqueça, camiseta vermelha!”

O que você faz?
« Última modificação: 18 de Junho, 2015, 02:09:12 por Kasdrael »

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #6: 18 de Junho, 2015, 00:30:56
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
Precisa jogar dado? xD

*Releio o e-mail algumas vezes para ter certeza de que realmente é aquilo que eu li. Olho para os lados e volto a focar no e-mail tentando demonstrar calma e fingir que não há nada de errado. Após um tempo analisando, resolvo responder o e-mail.

"Bom dia!
Quem é você e sobre o que está falando?
Não enviou o e-mail para a pessoa errada? Creio não ter acontecido nada demais na noite de ontem."
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #7: 18 de Junho, 2015, 01:36:22
0
0
Off-topic: Não precisa. XD
Quando precisar, eu aviso.


Passam apenas alguns segundos e a resposta aparece:

“Não é a pessoa errada, eu sei que o seu nome é Botan.

E também sei que tem costume de mentir. Por isso, diz que não aconteceu nada ontem à noite.

Tem certeza? Não atropelou ninguém?”

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #8: 18 de Junho, 2015, 01:46:22
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
*olho assustada e revoltada ao mesmo tempo para a tela e começo a responder quase que instantaneamente.*

"Como se atreve a me chamar de mentirosa? Você não passa de un garoto idiota brincando. Vá para a escola ver se aprende algo de útil."
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #9: 18 de Junho, 2015, 02:00:58
  • Vaine Masculino

  • Rock'n'rollin' bitch
  • Médio
  • Vioninho
0
0
Alguns flashes da noite passada passam por minha cabeça. Cervejas e arrependimentos, tristeza e também a tela do computador. Lembro que enviei alguma mensagem, mas o conteúdo me foge. Começo a achar suspeito o comportamento dessa pessoa, não faço ideia de como ela soube do que ando buscando, mas por fim, a curiosidade vence a cautela.

"Mia, querida, por favor espere 2 minutos tem algo importante acontecendo."

Deixo o celular de lado enquanto começo a digitar uma nova mensagem.

"Estou melhor sim. Mas também um pouco preocupado, quem é você cara? Como soube do que procuro? E como saberei onde você está? Não quero ser surpreendido no meio de uma estrada por algum desconhecido que não conheço completamente as intenções."

Apero enviar ao mesmo tempo em que pego o telefone de volta e falo com minha namorada. Após isso me levanto em busca de uma roupa limpa, entre elas alguma camisa vermelha, e organizo um banho.

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #10: 18 de Junho, 2015, 02:25:25
0
0
Botan-chan

Novamente, a resposta aparece em segundos:

“Então, acha que sou apenas um garoto?

Por que não testa suas palavras? Encontre-me, hoje às 20:00, na estrada do km35.

Sei que, teoricamente, tem um jantar de gala, mas não se preocupe. Eu dei um jeito.

Por favor, coloque o vestido vermelho que sei que está guardado dentro da sua bolsa. ERA para o jantar, correto?

Estarei te esperando ansiosamente.”

Você termina de ler o e-mail e se pergunta como ele sabia do vestido. De repente, outra mensagem aparece na tela:

“Bom dia, Botan!

Lembra do jantar? Então, o cliente teve que cancelar por problemas de saúde, ficou para a próxima semana.

Comemore, está livre hoje à noite, rs...

Até!”

É o seu chefe, parece que o jantar está mesmo cancelado.

O que você faz?

---- x ----

Vaine

Você termina o seu banho e percebe que tem mais mensagem te esperando:

“Não se preocupe, eu sou um amigo.

E, acredite, terá um belo presente te esperando nessa estrada. Procure um vestido vermelho.

Veja que coincidência, a sua camiseta vermelha combinará com a surpresa.

Estarei te esperando ansiosamente. Até mais tarde!”

O que você faz?

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #11: 18 de Junho, 2015, 02:47:35
  • Vaine Masculino

  • Rock'n'rollin' bitch
  • Médio
  • Vioninho
0
0
Estou cada vez mais intrigado por essa situação. Acendem sinais de alerta mais frequentemente que antes, mas como antes minha curiosidade os supera.
Respondo o e-mail:

"OK, estarei lá. Espero que valha a pena.

Após enviar a mensagem, fico um tempo pensando na situação. Seria prudente avisar a alguem o que irei fazer à noite. E também levar alguma proteção.
Por fim resolvo avisar Mia e minha mãe off: eu tenho uma mãe?. Também procuro algo que possa levar comigo, uma arma ou algo que sirva como isso e que possa ser facilmente escondida.

O resto do dia fico ansioso e tento antecipar o que vai acontecer. Quando dá a hora, pego meu carro off: eu tenho um carro? e vou para o local, bastante alerta.

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #12: 18 de Junho, 2015, 04:00:39
0
0
Vaine

Off-topic: Pode ter mãe e tem carro sim. XD
Você não pode ter arma de fogo porque é um civil e é contra a lei no Japão, mas te dei outra opção mais viável.


Procura a faca mais pontuda da cozinha, enrola num tecido bem grosso e a esconde dentro do coturno.

- Estou parecendo o Rambo desse jeito... – Pensa, enquanto se arruma para sair.

Bate 20:00 no relógio quando chega no km35, mas não avista ninguém no local. Estaciona o carro no acostamento, mas deixa as luzes ligadas, e começa a observar para ver se alguém aparece.

De repente, as luzes começam a piscar.

- Onii-chan...

Escuta um sussurro no seu ouvido, como se alguém te chamasse. Olha para trás, mas não vê ninguém. Volta a olhar para frente e encontra uma pessoa parada em frente ao carro. As luzes apagam.

O que você faz?

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #13: 18 de Junho, 2015, 11:29:33
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
*começo a responder quase que instantaneamente*
"Quem é você afinal? Como sabe do meu pesadelo, das minhas roupas e até mesmo do cancelamento da reunião?
Como espera que confie em você ou que eu vá te encontrar se não sei nem seu nome? Não é porque tive aquele pesadelo na estrada que fiquei louca!"

*Me levanto e vou até o refeitório pegar um pouco de água. Depois de um tempo volto ao escritório e começo a responder meu chefe*

"Está tudo bem com nosso cliente? Como ele pode ficar doente no meio da madrugada sem nenhum sinal aparente?"
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #14: 18 de Junho, 2015, 12:36:03
0
0
*O telefone no escritório começa a tocar e botan-chan, imaginando que seja o seu chefe querendo falar diretamente sobre o email recém enviado, o atende prontamente.*

*Botan-chan é recebida por um riso fino, como se fosse de uma menina que estivesse escondendo alguma coisa*

-Sei de muitas coisas... mas o que você sabe? o que você quer saber? hehehe.... te darei uma escolha... você está pronta?

*O telefone fica completamente mudo, o monitor do computador de botan chan se apaga por um breve segundo e quando acende novamente apenas uma mensagem aparece em caracteres brancos em uma densa tela preta:


Você precisa de ajuda?
y/n

Botan-chan suas escolhas:
Tecle "y" para pedir ajuda: Eu lhe darei uma dica que pode te ajudar a ir por um caminho mais seguro.
Tecle "n" para não pedir ajuda: A tela volta normal e a história segue seu curso conforme a Kasdrael quiser.

Isso aqui é FOFO PRA CARALHO, puta que pariu, te amo mulher


Presente da Lilith


 Versinho da Jeny <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #15: 18 de Junho, 2015, 13:21:44
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
Off topic: homem, tu tem poder para isso? :v

*Fico cada vez mais preocupada com tudo isso e revolso clicar "Y"*
Vamos ver o que essa pessoa tem a dizer, não acho que seja confiável, mas não custa ver a resposta
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #16: 18 de Junho, 2015, 13:31:11
0
0
Off topic: Sim. 8D

*Após teclar "y" a tela apaga novamente, quando volta ao normal ela mostra a seguinte mensagem.*
20:00 no Km 35
Vestido vermelho.
Suas dúvidas serão sanadas
Em breve.


*10 segundos depois a tela apaga e quando volta.... tudo está como antes.*


Isso aqui é FOFO PRA CARALHO, puta que pariu, te amo mulher


Presente da Lilith


 Versinho da Jeny <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #17: 18 de Junho, 2015, 13:34:37
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
*Fico olhando para a tela do computador por um bom tempo, totalmente incrédula.*
Essa é a ajuda? Como um pesadelo pode ter acabado dessa maneira? Devo estar sonhando ainda, só pode ser isso.
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #18: 18 de Junho, 2015, 14:19:14
0
0
Por causa das dúvidas que invadem a sua mente, você se distrai. De repente, a tela do seu computador acende novamente.

“Você acha mesmo que foi um pesadelo? Ou que a sua vida é um sonho?

Tantas perguntas sem respostas. O que será que aconteceu com o seu cliente?

Não apareça no local combinado e, logo, descobrirá.”

O que você faz?

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #19: 18 de Junho, 2015, 17:51:49
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
*Achando que eu rstou ficando louca ignoro o e-mail e tenyo mediatrair com o trabalho*
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #20: 18 de Junho, 2015, 20:55:05
0
0
Botan-chan

Off-topic: esqueci de te marcar, Botan, e tive que editar o post. O dado deu 1 mesmo, rs...

Japão, 2015, 19:30

As horas passam e chega o horário de ir embora. Você estava tão entretida nos seus afazeres que nem percebeu que estava sozinha no escritório. Lembra vagamente da sua amiga se despedindo horas atrás. Desliga o computador e levanta.

BAM! A porta do escritório fecha com uma pancada. Nesse instante, as luzes começam a piscar, o seu computador liga e aparece a seguinte mensagem:

“Você ignorou o meu aviso, encare as consequências dos seus atos.”

As luzes se apagam e você não enxerga mais nada. Alguém te puxa pelos cabelos e te joga no chão. Assustada, grita bem alto.

As luzes voltam a piscar e consegue ter uma idéia da pessoa que está na sua frente. É uma adolescente, o seu corpo inteiro está cheio de machucados. A roupa está um pouco rasgada e cheia de sangue.

Percebendo que está em perigo, você se levanta e tenta fugir, mas ela te puxa novamente pelos cabelos.

- Está na hora de encarar os seus pecados.

A garota te joga na parede e, com uma das mãos, aperta o seu pescoço. Sente a sua pele queimando.

- EU SEI O QUE VOCÊ FEZ!

Ela te pega pelas orelhas e bate a sua cabeça contra a parede. Não consegue nem gritar, apenas desmaia de dor.

[Você tomou dano, a rolagem do dado definirá o valor]

---- x ----

20:30


O seu pescoço arde demais e a sua cabeça dói. Você abre os olhos lentamente e percebe que está no meio do mato. Olha para o seu corpo, está usando o vestido vermelho.

- Ai...

Sente uma dor intensa na cabeça e percebe que está sangrando um pouco. Tenta se levantar, sentindo o corpo um pouco cansado. Olha para os lados, mas só vê mato.

- Olá.

Assustada, vira rapidamente na direção da voz.

- Eu estava te esperando.

É um homem negro, alto, com um terno branco e uma gravata vermelha.

- O seu destino encontra-se aqui perto, mas percebi que é uma pessoa teimosa. Portanto, te darei duas opções: você segue no caminho que eu indicar ou fica aqui comigo me fazendo companhia. Qual delas prefere?

O que você faz?

This dice roll has been tampered with!
Rolled 1d6 : 1, total 1
« Última modificação: 18 de Junho, 2015, 20:59:02 por Kasdrael »

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #21: 18 de Junho, 2015, 21:03:59
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
*Cansada e irritada começo a chorar e a berrar ao mesmo tempo*

-Quem diabos é você e quem é aquela garota? O que está acontecendo e que destino é esse? O que está acontecendo afinal?
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #22: 18 de Junho, 2015, 21:45:26
  • Vaine Masculino

  • Rock'n'rollin' bitch
  • Médio
  • Vioninho
0
0
Sinto aquela sensação horrível de quando você toma um susto, como se suas entranhas tivessem caído em água gelada. Tenho certeza que não havia ninguém um segundo atrás.
Dou um passo atrás, procurando o carro com a mão. Continuo consciente da pressão da faca dentro da bota e preparo meu corpo para pegá-la caso necessário.

"Oi, quem é você? De onde saiu? Foi você que me mandou o e-mail? Não sei se pode ver, mas estou com a camisa vermelha."





OFF: desculpa ae pela demora, não deu pra fazer o post de tarde :/

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #23: 18 de Junho, 2015, 22:19:31
0
0
Botan-chan

Vendo a sua reação, o homem gargalha.

- Quer saber quem eu sou?

Ele se aproxima lentamente e você sente a temperatura cair drasticamente.

- Eu sou a sua sentença.

O homem te encara bem de perto.

- Como você ainda está aqui, devo entender que aceita a sua sentença de morte?

---- x ----

Vaine

A pessoa escuta a sua voz e começa a se aproximar do carro. A cada passo, você consegue reconhece-la melhor.

- Onii-chan, estava te esperando.

É a sua irmã, Sayaka. Ela está na sua frente como se nada tivesse acontecido, como se os últimos três anos não existissem.

- Senti a sua falta.

Ela sorri e te espera fora do carro.

O que você faz?

Re: História 5 [BOTAN E VAINE]
Resposta #24: 18 de Junho, 2015, 23:42:46
  • Vaine Masculino

  • Rock'n'rollin' bitch
  • Médio
  • Vioninho
0
0
Meu cérebro deu um nó. Meu coração parece um motor V8. Eu consigo sentir o sangue bombeando nos ouvidos e um zumbido esquisito. Uma sensação esquisita no fundo da garganta.
Não pode ser. Ela está morta, eu digo a mim mesmo. Isso não pode ser real.
Mas a saudade é tanta, ela parece igual a antes. Antes de tudo.
Engulo seco e aperto bem forte o volante. Eu quero sair, quero abraçá-la. Quero pegar minha irmãzinha no colo e sentir o cheiro de seus cabelos. Mas não é possível que seja ela, tem algo de errado.

Lentamente em engulo seco e solto as mãos do volante, sinto meus olhos encherem de água e falo.

"Também senti sua falta."

Sorrio para ela e fecho os olhos por um instante, uma lágrima foge de seu lugar de origem.

"Como é possível que esteja aqui, Sakaya?" Como me achou?