Ei Visitante, você mesmo! Que tal ser entrevistado? Ah, já foi?  Não tem problema, inscreva-se de novo!

18 de Setembro, 2019, 21:37:49

Autor Tópico: História 4 [ASURA E LILITH]  (Lida 2558 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

História 4 [ASURA E LILITH]
: 17 de Junho, 2015, 06:12:18
0
0
Japão, 2015, 19:25

- Ela está quase meia hora atrasada!

Você grita, impaciente, enquanto anda de um lado para o outro. Até que avista uma pessoa caminhando na sua direção.

- Você está atrasada! A gente marcou...

- Eu sei. – Ela corta suas palavras.

- Sabe? E, mesmo assim, chega nesse horário?

- E você? Não está sentindo o seu cheiro? – Puxa um pedaço de sua camiseta e cheira.

- O que quer dizer com isso? Aliás, isso influencia no seu atraso? – Você se irrita mais.

- Isso influencia em tudo, TUDO! – Ela grita e te empurra para trás.

Os seus olhos se arregalam diante da atitude da sua namorada. Não entende direito o que está acontecendo.

- Por que me empurrou?

- Você chama isso de empurrão? Eu sei bem o que é um empurrão! Aliás, nem sei o que estou fazendo aqui, devo ser mesmo uma idiota!

Ela vira e começa a caminhar na direção contrária. Você sente um estalo na sua mente e decide puxa-la para perto.

- Espera! Nós temos que conversar! – Segura o braço dela.

- Nós não temos mais NADA para conversar e, se tocar em mim de novo, eu chamo a polícia!

Ela bate no seu braço e se solta, correndo para longe de você.

Novamente, o estalo. Você pisca os olhos com força e sente a sua visão escurecer.

---- x ----

12:10


Dor de cabeça. Horrível. Parece que o mundo vai desabar em cima de você. O celular toca, parece a sirene de uma ambulância.

- Alô, Asura?

É uma voz furiosa e você sabe exatamente de quem é.

- Sr. Nakamura, eu...

- Sem desculpas! Eu cansei da sua irresponsabilidade! A minha secretária está te ligando faz horas!

Finalmente, você olha para o relógio. Cinco horas atrasado. Depois, olha para o celular. Seis ligações não atendidas. A voz continua a gritar:

- Você está DEMITIDO! Não apareça mais aqui!

A dor começa a latejar, a voz começa a desaparecer aos poucos e os seus olhos se fecham.

---- x ----

17:25


O som dos carros na rua faz você acordar. Está meio zonzo e cansado, mas decide se levantar e caminhar até a geladeira.

- O meu corpo dói...

Abre a porta da geladeira e não enxerga nada, além de várias garrafas de cerveja e algumas de saquê.

- Quer saber, dane-se!

Começa a beber para esquecer dos problemas. E quase três horas se passam.

- Myu... Myu...

Está deitado no chão, ao lado de várias garrafas vazias. Sente um estalo. Pisca com força. Outro estalo.

- Ai, o que é isso?

Um estalo forte e os seus olhos começam a se fechar. Você tenta se manter acordado, mas é em vão.

---- x ----

00:00


Os seus olhos começam a se abrir, mas a sua cabeça dói.

- Nossa, o que foi que aconteceu? – Coloca a mão na cabeça e, finalmente, abre os olhos por completo.

Não é a sua casa.

- Aonde... aonde eu estou? – Olha ao seu redor, tentando entender a situação.

Você está em uma floresta escura e deserta, apenas árvores e mais árvores. Algumas folhas secas no chão e nenhum vento sequer.

- Como eu vim parar aqui? – Procura pelo seu celular, mas não o encontra.

Na verdade, não encontra nada. O celular, a carteira, nem mesmo o maço de cigarros. E, ainda está com frio, está só de calça, camisa e sapato.

- Isso só pode ser uma brincadeira... só pode...

Começa a andar pela floresta, procurando alguém para ajudar, mas encontra apenas mais árvores. Até que sente o estalo novamente, a cabeça dói. E um barulho.

- O que foi isso? – Pensa.

Ao longe, avista uma pessoa correndo.

O que você faz?
« Última modificação: 8 de Julho, 2015, 19:46:39 por Kasdrael »

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #1: 18 de Junho, 2015, 09:45:17
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0

Takarai Asura

Um pouco ainda confuso, com sua mente lhe perturbando constantemente por dentro, pois jamais poderia entender o que tinha acontecido consigo naquele dia. Primeiro perdeu sua namorada de uma forma sem sentido algum, depois o seu emprego, o tempo havia passado sem que ele tivesse percebido. Havia sido drogado ? Mas não lembrava-se de ter ido a festa alguma, tudo aquilo estava sendo uma grande MERDA! Curioso, já de saco cheio, e ao ouvir o barulho e uma pessoa correndo, viu uma oportunidade de saber o que estava acontecendo, ou pelo menos tentar. - EI! VOCÊ! ESPERE. O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI ? - Então, seguiu em direção ao encontro da pessoa que corria, acelerando também seus movimentos.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #2: 18 de Junho, 2015, 13:13:57
0
0
Off-topic: como você é bonitão na história. 

Você percebe que a medida que acelera seus passos, a pessoa acelera os dela. Seguem no mesmo caminho, mas está difícil acompanha-la.

De repente, um papel voa na sua direção. Olha ao redor e encontra vários outros papéis grudados nas árvores, assim como placas penduradas.

“Sempre existe uma saída. Procure ajuda.”

“Não desista da sua vida, siga em frente.”

“Cuidado, na chuva, esse terreno fica escorregadio.”

“Não se jogue, por favor, pense bem.”

Essas são as mensagens nos papéis e nas placas. Você parou para ler e acabou se distraindo.

- O que o senhor está fazendo aqui?

Escuta a voz e vira para saber quem é.

- Eu quero brincar, brinca comigo?

É uma criança, aparenta 9 anos. Está com um vestido branco e sujo, com umas manchas vermelhas. O seu rosto e corpo também estão sujos, como se estivesse brincando na floresta. Ela segura um coelho que parece de pelúcia.

- A minha casa fica para o outro lado. – Aponta para um caminho escuro.

- Quer brincar de pega-pega?

A menina sorri para você e começa a correr.

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #3: 18 de Junho, 2015, 18:16:14
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0

O homem levou um susto ao ouvir e ver a criança à sua frente, deu alguns passos para trás instintivamente, menina estava suja de lama e o que provavelmente poderia ser sangue. - Brincar ? Que lugar é este ? Você está machucada ? - Comentou o homem, desconfiando de tudo aquilo, porque aquela pessoa estaria correndo, quem colocou aquelas placas e que diabos era aquela criança que surgia ali de repente, toda imunda ? - Cade seus pais ? E quem colocou estes papeis aqui ? - Questiona.



Re: História 4 [ASURA]
Resposta #4: 18 de Junho, 2015, 20:08:24
0
0
Escutando suas perguntas, ela para de correr e olha na sua direção.

- Esses papéis estão por toda a floresta, é como uma decoração de Natal. Não são bonitos?

Ela caminha por entre as árvores, puxando vários papéis. De repente, joga todos para o alto e gargalha.

- Você sabia que nós não estamos sozinhos aqui? Eu estava brincando de pega-pega com o meu amigo. Ele disse que quer te conhecer.

Ela aponta novamente para o caminho escuro e você vê um vulto se esconder em uma das árvores.

- É melhor você sempre olhar para trás.

Percebe que a menina está falando com você, mas não consegue encontra-la. Escuta mais uma gargalhada.

De repente, um vento forte. Os papéis, que ela jogou no chão, voam na sua direção e cortam o seu rosto. Você se protege com as mãos para não se machucar mais.

- Olá. – Uma voz grossa e séria te chama a atenção.

Olha para a frente e vê um homem vestindo uma roupa suja e velha. Vários machucados pelo corpo e a sua cabeça está sangrando.

- Eu estava te esperando.

Ele sorri e começa a se aproximar de você.

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #5: 18 de Junho, 2015, 20:18:11
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Meu dia foi uma merda. Perdi a mulher que amo, e o emprego dos meus sonhos e parece que vim parar em Silent Hill. - Asura ficou parado encarando o homem, por dentro com medo, e ao mesmo tempo, com coragem, uma dualidade de emoções. Ele deu alguns passos para frente, encarando aquele homem nos olhos, reparando na sujeira, no sangue, no possível cheiro, mas em seguida, instintivamente, olhou para trás, lembrando o que havia ouvido, e por curiosidade, lembrou de simplesmente olhar, e depois voltaria a olhar o homem.


Ele iria se aproximar mais, e se possível colocar a mão no rosto daquele ser, de forma ríspida. - Não sei onde estou, quem você é, quem é a garota e quem está falando em minha mente. Não sei de mais nada, talvez eu tenha enlouquecido, mas se o demônio existe, ele está me atormentando faz tempo, e eu juro, do fundo do meu coração, que estão cometendo um erro. - Seria loucura ? Surto ? Esperava morrer, ou qualquer coisa naquele momento. "Chutou o balde".

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #6: 18 de Junho, 2015, 21:16:04
0
0
Enfrenta a criatura na sua frente, mas percebe que ela apenas ri.

- Então, decidiu revelar a sua verdadeira natureza? Quer mesmo enfrentar os seus pecados?

O homem coloca as mãos nos seus braços e sente eles queimarem.

- Gostei de você, meu rapaz, estou disposto a te dar mais uma chance.

Ele te solta e você cai, de joelhos, no chão. Dor, muita dor.

- Eu te darei duas opções: ou você brinca com a criança e a acompanha até a casa dela ou fica aqui comigo, me fazendo companhia. Qual delas você prefere?

---- x ----

Você tem duas opções nessa cena, que dependerão da rolagem do dado:

- Caso o número seja menor que 3, você acompanhará a menina e não sofrerá dano.

- Caso o número seja igual ou maior que 3, você terá que enfrenta-lo e o dano será igual ao valor do dado.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #7: 18 de Junho, 2015, 21:27:55
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
Rolled 1d6 : 4, total 4

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #8: 18 de Junho, 2015, 22:40:13
0
0
Toda essa situação, a dor no braço e esse homem estranho. Tudo isso só te irrita ainda mais, você decide ataca-lo mais uma vez. Pega um galho no chão e avança.

- Ora, é um rapaz corajoso mesmo!

O galho ultrapassa o corpo do homem e, é nesta hora, que você percebe que tem algo muito errado no seu dia.

- Agora, meu rapaz, é hora de encarar os seus pecados.

Ele avança na sua direção, enfia a mão no seu rosto e te empurra para baixo. O seu grito de dor é abafado pela mão quente.

Você está no chão, a sua cabeça está doendo muito. Ainda meio zonzo com a queda, sente a mão dele apertando o seu pescoço.

- Eu sei o que você fez e está na hora de começar a pagar.

Começa a sufocar. Tenta se soltar, mas é em vão. A sua visão começa a escurecer e só dá tempo de enxergar a silhueta da menina perto de vocês.

[Você tomou 4 de dano]

---- x ----

Japão, 2015, 12:15


- AAAAAAH!

Assustado, você se levanta da cama rapidamente. Coloca a mão no pescoço e sente muita dor. Os seus braços estão marcados.

- Foi, ou não, um sonho?

De repente, o seu celular vibra e aparece a seguinte mensagem:

“Bom dia, Asura.

Como está se sentindo? Não parece muito bem. Talvez, uma dor no pescoço?

Fiquei sabendo que está cheio de perguntas e nenhuma resposta.

Quer uma ajuda?"

Sem nome e sem mais informações. Apenas o e-mail: responda@server2013.com.

O que você faz?
« Última modificação: 19 de Junho, 2015, 10:32:47 por Kasdrael »

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #9: 19 de Junho, 2015, 08:58:54
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
Assustado ainda, olhando para o celular por um tempo, tentando entender o que teria sido tudo aquilo, olhou para os lados, olhou para trás, levou as mãos até o pescoço, olhou seus braços, nítido que aquilo foi de alguma forma verídico, e depois de alguns minutos voltou a ler o celular, e começou a digitar.


- Sim, tenho bastante dúvidas, quero que seja pessoalmente. Onde posso lhe encontrar ? Att, Takarai Asura.- Digitou.


Asura levantou-se da cama, foi até o armário para pegar uma roupa nova, pegou uma jaqueta de couro, uma camisa preta surrada, uma calça preta de couro e uma bota marrom.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #10: 19 de Junho, 2015, 11:04:32
0
0
Off-topic: Adicionei uma informação que estava faltando no post anterior, não sei se vai perceber, mas é isto ai... 8D

Você termina de se trocar e recebe a seguinte mensagem:

“Gosto de pessoas objetivas.

Encontre-me, hoje às 20:00, na Floresta Aokigahara. Vista uma camiseta vermelha.

Estarei te esperando ansiosamente.”

Não entende direito o porquê da camiseta vermelha, mas decide seguir a regra.

---- x ----

Japão, 2015, 20:00


Depois de pesquisar por umas horas, finalmente, encontrou a floresta. Percebe que o local é familiar, por isto, caminha com cautela.

- Olá, Asura.

É uma mulher bonita, aparenta ter a sua idade. Alta, magra, cabelos e olhos pretos e lábios avermelhados por causa do batom. Veste uma calça preta apertada e uma blusa decotada e vermelha.

- Estava te esperando.

Ela sorri e começa a se aproximar.

- Você tem direito a uma pergunta, pense bem. Será a única.

Para na sua frente e acaricia o seu rosto com a mão esquerda.

- E, então, está pronto para encarar os seus pecados?

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #11: 19 de Junho, 2015, 11:45:23
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- O que realmente está acontecendo comigo nestes últimos dias, na qual o tempo passa, desmaio, sinto dores na cabeça, vejo criança na floresta, homem que queima minhas mãos e uma gostosa que me manda um e-mail para encontrá-la na floresta com uma camisa vermelha? - Questionou, dando uma olha na mulher, era gostosa, de fato.


- Não acho que eu tenha sido um bom rapaz, mas, me mostre estes pecados, me faça encará-los. - Desafiou, o olhar um pouco cansado, só queria entender, mais nada.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #12: 19 de Junho, 2015, 12:33:41
0
0
Ela escuta suas palavras e gargalha. Depois, se afasta um pouco e volta a ficar séria.

- Não sou a pessoa que te trouxe até aqui, sou apenas uma mensageira.

A mulher misteriosa te observa dos pés a cabeça.

- Você sabe que é um menino mau, mas não sabe o motivo. Eu te darei uma dica.

Caminha lentamente na sua direção. Sorri e passa a língua nos lábios. Os seus olhos, antes pretos, tornam-se vermelhos.

- Preste bastante atenção.

Coloca uma das mãos no seu queixo e puxa o seu rosto para perto, como se fosse beija-lo.

- É isso que meninos maus merecem.

Ela te dá um tapa no rosto com tanta força que você se desequilibra e quase cai no chão.

- Como também gostei de você, por hoje, será só essa lição. Assim, lembrará de mim quando se olhar no espelho.

O tapa foi tão forte que a sua bochecha fica toda vermelha.

- Lembre-se, é melhor sempre olhar para trás.

A mulher sorri uma última vez e o seu corpo começa a desaparecer na névoa da floresta.

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #13: 19 de Junho, 2015, 12:40:37
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Que droga. Ela nem me respondeu. Sempre me dizem para olhar para trás, vou ficar um dia inteiro olhando para trás, seus malditos! - Ele olhava para a porra da direção contrária de seu rosto, para trás, como um idiota. E iria em direção na qual a mulher havia ido, sempre dando umas olhadas para trás, procurando um sentido nisto, iria vagar aquela floresta, tinha que ter algo, não queria voltar agora para casa. Caso tivesse com sinal, iria mandar uma mensagem para o [/size]responda@server2013.com[/color].
- Sua mensageira me deve uma resposta. Att, Takarai Asura. - Finalizou a mensagem, enviando.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #14: 19 de Junho, 2015, 13:02:07
0
0
Passam uns segundos e você recebe uma mensagem:

“Boa noite, Asura.

Você recebeu uma resposta, o problema é que não foi capaz de entende-la.

Por que não passeia pela floresta para ver se encontra mais alguma resposta perdida por aí?”

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #15: 19 de Junho, 2015, 14:43:00
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Eu já estou fazendo isto. Parecemos adolescentes brincando no e-mail, o próximo passo será um sexo virtual ? - Respondeu ao e-mail.


- Entender. Estou puto de raiva, entender o que ?Quero esfriar a minha cabeça, e isto será difícil. - Ficará na floresta, buscando ainda respostas naquele lugar, sem medo da escuridão, dava pouco se fodendo. Ele iria olhar cada centímetro, na frente, dos lados, atrás, qualquer coisa que lhe parecesse diferente, ou que o lembrasse algo, as vezes mantinha seu olhar para trás, curioso, porque pediam tanto isto?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #16: 19 de Junho, 2015, 14:52:42
0
0
*Depois de horas caminhando, Asura recebe uma nova mensagem de um número desconhecido*

-Você não está procurando direito meu caro Asura, tem certeza que olhou para trás?

*Furioso com a resposta, Asura vira-se para trás novamente e enxerga um espelho com aspecto rústico que parece emanar uma estranha luz, do tamanho de seu corpo, ele não entende como o espelho foi parar ali*

*O seu reflexo parece normal, como qualquer outro espelho mostraria, mas de repente chamas no reflexo do espelho começam a surgir, Asura olha para si, assustado, mas vê que as chamas são apenas no espelho*

*As chamas engolem o reflexo de Asura, o reflexo deste espelho são apenas chamas agora, eis que uma voz sombria e assustadora ecoa pela cabeça de Asura*

-Você, que não quer esperar, você, pecador.... deseja sua resposta? você...

*Asura olha atentamente para o espelho, como se achasse que fosse o próprio falando com ele*

-Você precisa de ajuda?

Asura suas opções:
Pedir ajuda: Use uma dica minha e eu lhe darei um caminho

Não pedir ajuda: A história segue conforme a Kasdrael

Isso aqui é FOFO PRA CARALHO, puta que pariu, te amo mulher


Presente da Lilith


 Versinho da Jeny <3

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #17: 3 de Julho, 2015, 09:59:04
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Me dê uma dica. - Asura se aproximou do espelho, mais ainda, e tentou tocar no vidro reflexor. - E sim, creio que eu seja um pecador, não precisa ficar repetindo isto sempre, se vamos brincar, vamos fazer isto com classe. FODA TUDO! - Deu um soco no espelho.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #18: 7 de Julho, 2015, 08:43:25
0
0
*Asura em toda sua fúria dá um soco no espelho.... porém o espelho sequer trincou... ele apenas mostra.. uma casa... você sabe que casa é... é a casa de sua namorada*

*E a misteriosa voz ecoa novamente*

-Você me fascina... venha ver você mesmo suas respostas, hehe.

*Depois disso o espelho explode em diversos cacos, Asura coloca seus braços na frente do rosto para se proteger... e se impressiona não ter sofrido nenhum dano com a explosão... era como se o espelho nunca estivesse ali*

Isso aqui é FOFO PRA CARALHO, puta que pariu, te amo mulher


Presente da Lilith


 Versinho da Jeny <3

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #19: 7 de Julho, 2015, 18:08:38
0
0
Off-topic: A partir desse post, acrescentarei a história da personagem da Lilith. Por isso, marcarei os nomes de vocês para não se perderem, rs...

Ullr

Você é teletransportado para a casa de sua namorada, mas não entende direito como. Sente uma energia estranha, pesada, como se tivesse algo errado. Uma névoa clara surge no chão.

- Eu já disse que não fiz nada! – Um grito chama a sua atenção.

É um grito feminino e vem da sala. Depois, escuta o barulho de alguma coisa quebrando. Parece vidro.

O que você faz?

---- x ----

Lilith

Japão, 2015, 18:15

A faculdade está barulhenta hoje, nem parece que é sexta-feira. O seu corpo pede pelo final de semana, mas não é hora de sossegar. Você está no laboratório de informática, procurando pistas sobre o seu irmão. Digita rápido no computador, tentando acompanhar seus pensamentos.

- Ok, talvez, eu encontre algo nas redes sociais...

Procura o nome dele pelo Facebook e Twitter, mas estranhamente nada é encontrado.

- Tenho certeza de que ele tinha um face... não é possível! – Murmura para si mesma.

Procura em outros sites e nas redes sociais dos amigos próximos, mas continua sem pistas. De repente, a luz do seu monitor pisca. Quando ela volta ao normal, surge a seguinte mensagem:

“Boa noite, Lilith.
Fiquei sabendo que procura pistas sobre uma certa pessoa, gostaria de ajuda?”

Sem nome e sem mais informações. Apenas o e-mail: responda@server2013.com.

Você não a entende direito. Quem a enviou e por quê? Como essa pessoa sabe que está procurando pelo seu irmão? As perguntas embaralham os seus pensamentos.

O que você faz?
« Última modificação: 8 de Julho, 2015, 19:53:00 por Kasdrael »

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #20: 8 de Julho, 2015, 20:29:17
0
0


LILITH BASKERVILLE

    Mas o que ? . A ruiva pronunciava em seu inglês britânico, os dentes brancos morderam os lábios extremamente vermelhos naturais com força marcando de branco em sinal de nervosismos. O que era aquilo... ? Quem sabia o que estava acontecendo...

     Passou os dedos pelos cabelos jogando a franja para trás que logo caiu no rosto novamente, seus olhos observavam a mensagem até agora... Pegou o celular abriu o e-mail... "O que eu tenho a perder...?" no minimo era uma piada de algum dos seus alunos idiotas que descobriram aquilo...

     As pontas dos dedos começaram a digitar fervorosamente no celular completando o e-mail ela o olhou mais uma vez para ter certeza de que estava tudo certo ou se faltava alguma informação .

E-mail:
Caro,

Espero que isso não passe de uma brincadeira, caso o seja... Peço que o pare agora, isso não é algo que se possa brincar.

Se não for, peço que me responda este e-mail dizendo o que sabe sobre meu ente perdido.

Atenciosamente.

Lilith Baskerville
Professora de História da Arquitetura
FAC***

    . Depois de olhar o e-mail pela milhonesima vez, ela pressionou enviar e deixou o corpo cair na cadeira e os braços relaxarem ao lado do corpo suspirando pesadamente... Sua cabeça já estava doendo novamente... Onde ele poderia estar? .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #21: 8 de Julho, 2015, 20:43:55
0
0
Lilith

Antes que pudesse terminar o seu pensamento, outra mensagem aparece:

“Sei que está desaparecido e sei que você precisa de ajuda.

Quer uma pista? Vá para a residência dele, às 20:00, e me espere na entrada.

Não se esqueça: vista uma blusa na cor vermelha.”

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #22: 8 de Julho, 2015, 21:19:05
0
0
     . Ela observou a mensagem e não se deu o trabalho de olhar para o horário no momento, sabia que iria chegar ao menos uma hora antes de tanto nervosismo .


    . Horas haviam se passado e Lilith já se encontrava com uma bata vermelha meio transparente que chegava a mostrar algumas de suas tatuagens, os braços de rendas vermelhas caiam até quase seus dedos, usava a calça jeans preta e uma sapatilha vermelha, os cabelos presos em um rabo de cavalo solto, ela caminhava para o endereço entregue na mensagem, havia tirado uma foto para ter certeza de que não iria sumir como apareceu . "O que será que esta acontecendo..." . Suspirou cansada sentando na frente da porta do irmão encostando e olhando pra o céu . "Onde você esta Mano..."


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #23: 8 de Julho, 2015, 21:51:50
0
0
Lilith

Sentindo um misto de nervosismo e desespero, decide chegar uma hora antes do horário marcado. Caminha na direção da casa, mas percebe que o seu psicológico não está tão preparado quanto imaginava. O lugar continua igual. Descuidado, mas igual. A mesma porta de madeira e os mesmos muros brancos. Agora, um pouco cinzas, mas são os mesmos. Olha para as janelas, estão escuras e com as cortinas sujas. Antes, ficavam sempre acesas, prontas para te receber. Nesse instante, uma lembrança surge na sua mente...

“- Senhorita Lilith, eu sinto muito. Faz dois anos que não encontramos uma pista sequer. Talvez, o seu irmão não queira mesmo ser encontrado...”

Abaixa a cabeça e respira fundo.

- Impossível... – Murmura para si mesma.

- Onde você está, mano? – Olha para as estrelas, como se esperasse uma resposta.

De repente, escuta um barulho dentro da casa. Olha rapidamente para uma das janelas e nota um vulto caminhando pela sala.

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #24: 9 de Julho, 2015, 21:47:09
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
Kasdrael


                Estranhou a mudança repentina, mas já estava se acostumando com toda aquela loucura, a voz era familiar, sua ex-namorada que havia o abandonado por motivos que ele até agora não entendia. Se possível, e se for caminho passará pela cozinha e pegará uma faca de corte, das grandes e irá em direção do grito, sorrateiramente. Sua expressão já não era mais a mesma, agora estava mais sereno diante da situação, parecia menos irritado, agora, mostrava toda a calma do mundo.