Você conhece o Sarahah, Visitante? É uma espécie de rede social onde você pode mandar mensagens anônimas.


O Fórum AG está no Sarahah, e você pode mandar sua mensagem pro crush no tópico Correio do Amor ou alguma pergunta mais séria no Desabafos e Conselhos Anônimos.


[Mande sua pergunta!]

26 de Maio, 2019, 22:16:45

Autor Tópico: História 4 [ASURA E LILITH]  (Lida 2361 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

História 4 [ASURA E LILITH]
: 17 de Junho, 2015, 06:12:18
0
0
Japão, 2015, 19:25

- Ela está quase meia hora atrasada!

Você grita, impaciente, enquanto anda de um lado para o outro. Até que avista uma pessoa caminhando na sua direção.

- Você está atrasada! A gente marcou...

- Eu sei. – Ela corta suas palavras.

- Sabe? E, mesmo assim, chega nesse horário?

- E você? Não está sentindo o seu cheiro? – Puxa um pedaço de sua camiseta e cheira.

- O que quer dizer com isso? Aliás, isso influencia no seu atraso? – Você se irrita mais.

- Isso influencia em tudo, TUDO! – Ela grita e te empurra para trás.

Os seus olhos se arregalam diante da atitude da sua namorada. Não entende direito o que está acontecendo.

- Por que me empurrou?

- Você chama isso de empurrão? Eu sei bem o que é um empurrão! Aliás, nem sei o que estou fazendo aqui, devo ser mesmo uma idiota!

Ela vira e começa a caminhar na direção contrária. Você sente um estalo na sua mente e decide puxa-la para perto.

- Espera! Nós temos que conversar! – Segura o braço dela.

- Nós não temos mais NADA para conversar e, se tocar em mim de novo, eu chamo a polícia!

Ela bate no seu braço e se solta, correndo para longe de você.

Novamente, o estalo. Você pisca os olhos com força e sente a sua visão escurecer.

---- x ----

12:10


Dor de cabeça. Horrível. Parece que o mundo vai desabar em cima de você. O celular toca, parece a sirene de uma ambulância.

- Alô, Asura?

É uma voz furiosa e você sabe exatamente de quem é.

- Sr. Nakamura, eu...

- Sem desculpas! Eu cansei da sua irresponsabilidade! A minha secretária está te ligando faz horas!

Finalmente, você olha para o relógio. Cinco horas atrasado. Depois, olha para o celular. Seis ligações não atendidas. A voz continua a gritar:

- Você está DEMITIDO! Não apareça mais aqui!

A dor começa a latejar, a voz começa a desaparecer aos poucos e os seus olhos se fecham.

---- x ----

17:25


O som dos carros na rua faz você acordar. Está meio zonzo e cansado, mas decide se levantar e caminhar até a geladeira.

- O meu corpo dói...

Abre a porta da geladeira e não enxerga nada, além de várias garrafas de cerveja e algumas de saquê.

- Quer saber, dane-se!

Começa a beber para esquecer dos problemas. E quase três horas se passam.

- Myu... Myu...

Está deitado no chão, ao lado de várias garrafas vazias. Sente um estalo. Pisca com força. Outro estalo.

- Ai, o que é isso?

Um estalo forte e os seus olhos começam a se fechar. Você tenta se manter acordado, mas é em vão.

---- x ----

00:00


Os seus olhos começam a se abrir, mas a sua cabeça dói.

- Nossa, o que foi que aconteceu? – Coloca a mão na cabeça e, finalmente, abre os olhos por completo.

Não é a sua casa.

- Aonde... aonde eu estou? – Olha ao seu redor, tentando entender a situação.

Você está em uma floresta escura e deserta, apenas árvores e mais árvores. Algumas folhas secas no chão e nenhum vento sequer.

- Como eu vim parar aqui? – Procura pelo seu celular, mas não o encontra.

Na verdade, não encontra nada. O celular, a carteira, nem mesmo o maço de cigarros. E, ainda está com frio, está só de calça, camisa e sapato.

- Isso só pode ser uma brincadeira... só pode...

Começa a andar pela floresta, procurando alguém para ajudar, mas encontra apenas mais árvores. Até que sente o estalo novamente, a cabeça dói. E um barulho.

- O que foi isso? – Pensa.

Ao longe, avista uma pessoa correndo.

O que você faz?
« Última modificação: 8 de Julho, 2015, 19:46:39 por Kasdrael »

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #1: 18 de Junho, 2015, 09:45:17
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0

Takarai Asura

Um pouco ainda confuso, com sua mente lhe perturbando constantemente por dentro, pois jamais poderia entender o que tinha acontecido consigo naquele dia. Primeiro perdeu sua namorada de uma forma sem sentido algum, depois o seu emprego, o tempo havia passado sem que ele tivesse percebido. Havia sido drogado ? Mas não lembrava-se de ter ido a festa alguma, tudo aquilo estava sendo uma grande MERDA! Curioso, já de saco cheio, e ao ouvir o barulho e uma pessoa correndo, viu uma oportunidade de saber o que estava acontecendo, ou pelo menos tentar. - EI! VOCÊ! ESPERE. O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI ? - Então, seguiu em direção ao encontro da pessoa que corria, acelerando também seus movimentos.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #2: 18 de Junho, 2015, 13:13:57
0
0
Off-topic: como você é bonitão na história. 

Você percebe que a medida que acelera seus passos, a pessoa acelera os dela. Seguem no mesmo caminho, mas está difícil acompanha-la.

De repente, um papel voa na sua direção. Olha ao redor e encontra vários outros papéis grudados nas árvores, assim como placas penduradas.

“Sempre existe uma saída. Procure ajuda.”

“Não desista da sua vida, siga em frente.”

“Cuidado, na chuva, esse terreno fica escorregadio.”

“Não se jogue, por favor, pense bem.”

Essas são as mensagens nos papéis e nas placas. Você parou para ler e acabou se distraindo.

- O que o senhor está fazendo aqui?

Escuta a voz e vira para saber quem é.

- Eu quero brincar, brinca comigo?

É uma criança, aparenta 9 anos. Está com um vestido branco e sujo, com umas manchas vermelhas. O seu rosto e corpo também estão sujos, como se estivesse brincando na floresta. Ela segura um coelho que parece de pelúcia.

- A minha casa fica para o outro lado. – Aponta para um caminho escuro.

- Quer brincar de pega-pega?

A menina sorri para você e começa a correr.

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #3: 18 de Junho, 2015, 18:16:14
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0

O homem levou um susto ao ouvir e ver a criança à sua frente, deu alguns passos para trás instintivamente, menina estava suja de lama e o que provavelmente poderia ser sangue. - Brincar ? Que lugar é este ? Você está machucada ? - Comentou o homem, desconfiando de tudo aquilo, porque aquela pessoa estaria correndo, quem colocou aquelas placas e que diabos era aquela criança que surgia ali de repente, toda imunda ? - Cade seus pais ? E quem colocou estes papeis aqui ? - Questiona.



Re: História 4 [ASURA]
Resposta #4: 18 de Junho, 2015, 20:08:24
0
0
Escutando suas perguntas, ela para de correr e olha na sua direção.

- Esses papéis estão por toda a floresta, é como uma decoração de Natal. Não são bonitos?

Ela caminha por entre as árvores, puxando vários papéis. De repente, joga todos para o alto e gargalha.

- Você sabia que nós não estamos sozinhos aqui? Eu estava brincando de pega-pega com o meu amigo. Ele disse que quer te conhecer.

Ela aponta novamente para o caminho escuro e você vê um vulto se esconder em uma das árvores.

- É melhor você sempre olhar para trás.

Percebe que a menina está falando com você, mas não consegue encontra-la. Escuta mais uma gargalhada.

De repente, um vento forte. Os papéis, que ela jogou no chão, voam na sua direção e cortam o seu rosto. Você se protege com as mãos para não se machucar mais.

- Olá. – Uma voz grossa e séria te chama a atenção.

Olha para a frente e vê um homem vestindo uma roupa suja e velha. Vários machucados pelo corpo e a sua cabeça está sangrando.

- Eu estava te esperando.

Ele sorri e começa a se aproximar de você.

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #5: 18 de Junho, 2015, 20:18:11
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Meu dia foi uma merda. Perdi a mulher que amo, e o emprego dos meus sonhos e parece que vim parar em Silent Hill. - Asura ficou parado encarando o homem, por dentro com medo, e ao mesmo tempo, com coragem, uma dualidade de emoções. Ele deu alguns passos para frente, encarando aquele homem nos olhos, reparando na sujeira, no sangue, no possível cheiro, mas em seguida, instintivamente, olhou para trás, lembrando o que havia ouvido, e por curiosidade, lembrou de simplesmente olhar, e depois voltaria a olhar o homem.


Ele iria se aproximar mais, e se possível colocar a mão no rosto daquele ser, de forma ríspida. - Não sei onde estou, quem você é, quem é a garota e quem está falando em minha mente. Não sei de mais nada, talvez eu tenha enlouquecido, mas se o demônio existe, ele está me atormentando faz tempo, e eu juro, do fundo do meu coração, que estão cometendo um erro. - Seria loucura ? Surto ? Esperava morrer, ou qualquer coisa naquele momento. "Chutou o balde".

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #6: 18 de Junho, 2015, 21:16:04
0
0
Enfrenta a criatura na sua frente, mas percebe que ela apenas ri.

- Então, decidiu revelar a sua verdadeira natureza? Quer mesmo enfrentar os seus pecados?

O homem coloca as mãos nos seus braços e sente eles queimarem.

- Gostei de você, meu rapaz, estou disposto a te dar mais uma chance.

Ele te solta e você cai, de joelhos, no chão. Dor, muita dor.

- Eu te darei duas opções: ou você brinca com a criança e a acompanha até a casa dela ou fica aqui comigo, me fazendo companhia. Qual delas você prefere?

---- x ----

Você tem duas opções nessa cena, que dependerão da rolagem do dado:

- Caso o número seja menor que 3, você acompanhará a menina e não sofrerá dano.

- Caso o número seja igual ou maior que 3, você terá que enfrenta-lo e o dano será igual ao valor do dado.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #7: 18 de Junho, 2015, 21:27:55
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
Rolled 1d6 : 4, total 4

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #8: 18 de Junho, 2015, 22:40:13
0
0
Toda essa situação, a dor no braço e esse homem estranho. Tudo isso só te irrita ainda mais, você decide ataca-lo mais uma vez. Pega um galho no chão e avança.

- Ora, é um rapaz corajoso mesmo!

O galho ultrapassa o corpo do homem e, é nesta hora, que você percebe que tem algo muito errado no seu dia.

- Agora, meu rapaz, é hora de encarar os seus pecados.

Ele avança na sua direção, enfia a mão no seu rosto e te empurra para baixo. O seu grito de dor é abafado pela mão quente.

Você está no chão, a sua cabeça está doendo muito. Ainda meio zonzo com a queda, sente a mão dele apertando o seu pescoço.

- Eu sei o que você fez e está na hora de começar a pagar.

Começa a sufocar. Tenta se soltar, mas é em vão. A sua visão começa a escurecer e só dá tempo de enxergar a silhueta da menina perto de vocês.

[Você tomou 4 de dano]

---- x ----

Japão, 2015, 12:15


- AAAAAAH!

Assustado, você se levanta da cama rapidamente. Coloca a mão no pescoço e sente muita dor. Os seus braços estão marcados.

- Foi, ou não, um sonho?

De repente, o seu celular vibra e aparece a seguinte mensagem:

“Bom dia, Asura.

Como está se sentindo? Não parece muito bem. Talvez, uma dor no pescoço?

Fiquei sabendo que está cheio de perguntas e nenhuma resposta.

Quer uma ajuda?"

Sem nome e sem mais informações. Apenas o e-mail: responda@server2013.com.

O que você faz?
« Última modificação: 19 de Junho, 2015, 10:32:47 por Kasdrael »

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #9: 19 de Junho, 2015, 08:58:54
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
Assustado ainda, olhando para o celular por um tempo, tentando entender o que teria sido tudo aquilo, olhou para os lados, olhou para trás, levou as mãos até o pescoço, olhou seus braços, nítido que aquilo foi de alguma forma verídico, e depois de alguns minutos voltou a ler o celular, e começou a digitar.


- Sim, tenho bastante dúvidas, quero que seja pessoalmente. Onde posso lhe encontrar ? Att, Takarai Asura.- Digitou.


Asura levantou-se da cama, foi até o armário para pegar uma roupa nova, pegou uma jaqueta de couro, uma camisa preta surrada, uma calça preta de couro e uma bota marrom.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #10: 19 de Junho, 2015, 11:04:32
0
0
Off-topic: Adicionei uma informação que estava faltando no post anterior, não sei se vai perceber, mas é isto ai... 8D

Você termina de se trocar e recebe a seguinte mensagem:

“Gosto de pessoas objetivas.

Encontre-me, hoje às 20:00, na Floresta Aokigahara. Vista uma camiseta vermelha.

Estarei te esperando ansiosamente.”

Não entende direito o porquê da camiseta vermelha, mas decide seguir a regra.

---- x ----

Japão, 2015, 20:00


Depois de pesquisar por umas horas, finalmente, encontrou a floresta. Percebe que o local é familiar, por isto, caminha com cautela.

- Olá, Asura.

É uma mulher bonita, aparenta ter a sua idade. Alta, magra, cabelos e olhos pretos e lábios avermelhados por causa do batom. Veste uma calça preta apertada e uma blusa decotada e vermelha.

- Estava te esperando.

Ela sorri e começa a se aproximar.

- Você tem direito a uma pergunta, pense bem. Será a única.

Para na sua frente e acaricia o seu rosto com a mão esquerda.

- E, então, está pronto para encarar os seus pecados?

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #11: 19 de Junho, 2015, 11:45:23
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- O que realmente está acontecendo comigo nestes últimos dias, na qual o tempo passa, desmaio, sinto dores na cabeça, vejo criança na floresta, homem que queima minhas mãos e uma gostosa que me manda um e-mail para encontrá-la na floresta com uma camisa vermelha? - Questionou, dando uma olha na mulher, era gostosa, de fato.


- Não acho que eu tenha sido um bom rapaz, mas, me mostre estes pecados, me faça encará-los. - Desafiou, o olhar um pouco cansado, só queria entender, mais nada.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #12: 19 de Junho, 2015, 12:33:41
0
0
Ela escuta suas palavras e gargalha. Depois, se afasta um pouco e volta a ficar séria.

- Não sou a pessoa que te trouxe até aqui, sou apenas uma mensageira.

A mulher misteriosa te observa dos pés a cabeça.

- Você sabe que é um menino mau, mas não sabe o motivo. Eu te darei uma dica.

Caminha lentamente na sua direção. Sorri e passa a língua nos lábios. Os seus olhos, antes pretos, tornam-se vermelhos.

- Preste bastante atenção.

Coloca uma das mãos no seu queixo e puxa o seu rosto para perto, como se fosse beija-lo.

- É isso que meninos maus merecem.

Ela te dá um tapa no rosto com tanta força que você se desequilibra e quase cai no chão.

- Como também gostei de você, por hoje, será só essa lição. Assim, lembrará de mim quando se olhar no espelho.

O tapa foi tão forte que a sua bochecha fica toda vermelha.

- Lembre-se, é melhor sempre olhar para trás.

A mulher sorri uma última vez e o seu corpo começa a desaparecer na névoa da floresta.

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #13: 19 de Junho, 2015, 12:40:37
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Que droga. Ela nem me respondeu. Sempre me dizem para olhar para trás, vou ficar um dia inteiro olhando para trás, seus malditos! - Ele olhava para a porra da direção contrária de seu rosto, para trás, como um idiota. E iria em direção na qual a mulher havia ido, sempre dando umas olhadas para trás, procurando um sentido nisto, iria vagar aquela floresta, tinha que ter algo, não queria voltar agora para casa. Caso tivesse com sinal, iria mandar uma mensagem para o [/size]responda@server2013.com[/color].
- Sua mensageira me deve uma resposta. Att, Takarai Asura. - Finalizou a mensagem, enviando.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #14: 19 de Junho, 2015, 13:02:07
0
0
Passam uns segundos e você recebe uma mensagem:

“Boa noite, Asura.

Você recebeu uma resposta, o problema é que não foi capaz de entende-la.

Por que não passeia pela floresta para ver se encontra mais alguma resposta perdida por aí?”

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #15: 19 de Junho, 2015, 14:43:00
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Eu já estou fazendo isto. Parecemos adolescentes brincando no e-mail, o próximo passo será um sexo virtual ? - Respondeu ao e-mail.


- Entender. Estou puto de raiva, entender o que ?Quero esfriar a minha cabeça, e isto será difícil. - Ficará na floresta, buscando ainda respostas naquele lugar, sem medo da escuridão, dava pouco se fodendo. Ele iria olhar cada centímetro, na frente, dos lados, atrás, qualquer coisa que lhe parecesse diferente, ou que o lembrasse algo, as vezes mantinha seu olhar para trás, curioso, porque pediam tanto isto?

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #16: 19 de Junho, 2015, 14:52:42
0
0
*Depois de horas caminhando, Asura recebe uma nova mensagem de um número desconhecido*

-Você não está procurando direito meu caro Asura, tem certeza que olhou para trás?

*Furioso com a resposta, Asura vira-se para trás novamente e enxerga um espelho com aspecto rústico que parece emanar uma estranha luz, do tamanho de seu corpo, ele não entende como o espelho foi parar ali*

*O seu reflexo parece normal, como qualquer outro espelho mostraria, mas de repente chamas no reflexo do espelho começam a surgir, Asura olha para si, assustado, mas vê que as chamas são apenas no espelho*

*As chamas engolem o reflexo de Asura, o reflexo deste espelho são apenas chamas agora, eis que uma voz sombria e assustadora ecoa pela cabeça de Asura*

-Você, que não quer esperar, você, pecador.... deseja sua resposta? você...

*Asura olha atentamente para o espelho, como se achasse que fosse o próprio falando com ele*

-Você precisa de ajuda?

Asura suas opções:
Pedir ajuda: Use uma dica minha e eu lhe darei um caminho

Não pedir ajuda: A história segue conforme a Kasdrael

Isso aqui é FOFO PRA CARALHO, puta que pariu, te amo mulher


Presente da Lilith


 Versinho da Jeny <3

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #17: 3 de Julho, 2015, 09:59:04
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Me dê uma dica. - Asura se aproximou do espelho, mais ainda, e tentou tocar no vidro reflexor. - E sim, creio que eu seja um pecador, não precisa ficar repetindo isto sempre, se vamos brincar, vamos fazer isto com classe. FODA TUDO! - Deu um soco no espelho.

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #18: 7 de Julho, 2015, 08:43:25
0
0
*Asura em toda sua fúria dá um soco no espelho.... porém o espelho sequer trincou... ele apenas mostra.. uma casa... você sabe que casa é... é a casa de sua namorada*

*E a misteriosa voz ecoa novamente*

-Você me fascina... venha ver você mesmo suas respostas, hehe.

*Depois disso o espelho explode em diversos cacos, Asura coloca seus braços na frente do rosto para se proteger... e se impressiona não ter sofrido nenhum dano com a explosão... era como se o espelho nunca estivesse ali*

Isso aqui é FOFO PRA CARALHO, puta que pariu, te amo mulher


Presente da Lilith


 Versinho da Jeny <3

Re: História 4 [ASURA]
Resposta #19: 7 de Julho, 2015, 18:08:38
0
0
Off-topic: A partir desse post, acrescentarei a história da personagem da Lilith. Por isso, marcarei os nomes de vocês para não se perderem, rs...

Ullr

Você é teletransportado para a casa de sua namorada, mas não entende direito como. Sente uma energia estranha, pesada, como se tivesse algo errado. Uma névoa clara surge no chão.

- Eu já disse que não fiz nada! – Um grito chama a sua atenção.

É um grito feminino e vem da sala. Depois, escuta o barulho de alguma coisa quebrando. Parece vidro.

O que você faz?

---- x ----

Lilith

Japão, 2015, 18:15

A faculdade está barulhenta hoje, nem parece que é sexta-feira. O seu corpo pede pelo final de semana, mas não é hora de sossegar. Você está no laboratório de informática, procurando pistas sobre o seu irmão. Digita rápido no computador, tentando acompanhar seus pensamentos.

- Ok, talvez, eu encontre algo nas redes sociais...

Procura o nome dele pelo Facebook e Twitter, mas estranhamente nada é encontrado.

- Tenho certeza de que ele tinha um face... não é possível! – Murmura para si mesma.

Procura em outros sites e nas redes sociais dos amigos próximos, mas continua sem pistas. De repente, a luz do seu monitor pisca. Quando ela volta ao normal, surge a seguinte mensagem:

“Boa noite, Lilith.
Fiquei sabendo que procura pistas sobre uma certa pessoa, gostaria de ajuda?”

Sem nome e sem mais informações. Apenas o e-mail: responda@server2013.com.

Você não a entende direito. Quem a enviou e por quê? Como essa pessoa sabe que está procurando pelo seu irmão? As perguntas embaralham os seus pensamentos.

O que você faz?
« Última modificação: 8 de Julho, 2015, 19:53:00 por Kasdrael »

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #20: 8 de Julho, 2015, 20:29:17
0
0


LILITH BASKERVILLE

    Mas o que ? . A ruiva pronunciava em seu inglês britânico, os dentes brancos morderam os lábios extremamente vermelhos naturais com força marcando de branco em sinal de nervosismos. O que era aquilo... ? Quem sabia o que estava acontecendo...

     Passou os dedos pelos cabelos jogando a franja para trás que logo caiu no rosto novamente, seus olhos observavam a mensagem até agora... Pegou o celular abriu o e-mail... "O que eu tenho a perder...?" no minimo era uma piada de algum dos seus alunos idiotas que descobriram aquilo...

     As pontas dos dedos começaram a digitar fervorosamente no celular completando o e-mail ela o olhou mais uma vez para ter certeza de que estava tudo certo ou se faltava alguma informação .

E-mail:
Caro,

Espero que isso não passe de uma brincadeira, caso o seja... Peço que o pare agora, isso não é algo que se possa brincar.

Se não for, peço que me responda este e-mail dizendo o que sabe sobre meu ente perdido.

Atenciosamente.

Lilith Baskerville
Professora de História da Arquitetura
FAC***

    . Depois de olhar o e-mail pela milhonesima vez, ela pressionou enviar e deixou o corpo cair na cadeira e os braços relaxarem ao lado do corpo suspirando pesadamente... Sua cabeça já estava doendo novamente... Onde ele poderia estar? .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #21: 8 de Julho, 2015, 20:43:55
0
0
Lilith

Antes que pudesse terminar o seu pensamento, outra mensagem aparece:

“Sei que está desaparecido e sei que você precisa de ajuda.

Quer uma pista? Vá para a residência dele, às 20:00, e me espere na entrada.

Não se esqueça: vista uma blusa na cor vermelha.”

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #22: 8 de Julho, 2015, 21:19:05
0
0
     . Ela observou a mensagem e não se deu o trabalho de olhar para o horário no momento, sabia que iria chegar ao menos uma hora antes de tanto nervosismo .


    . Horas haviam se passado e Lilith já se encontrava com uma bata vermelha meio transparente que chegava a mostrar algumas de suas tatuagens, os braços de rendas vermelhas caiam até quase seus dedos, usava a calça jeans preta e uma sapatilha vermelha, os cabelos presos em um rabo de cavalo solto, ela caminhava para o endereço entregue na mensagem, havia tirado uma foto para ter certeza de que não iria sumir como apareceu . "O que será que esta acontecendo..." . Suspirou cansada sentando na frente da porta do irmão encostando e olhando pra o céu . "Onde você esta Mano..."


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #23: 8 de Julho, 2015, 21:51:50
0
0
Lilith

Sentindo um misto de nervosismo e desespero, decide chegar uma hora antes do horário marcado. Caminha na direção da casa, mas percebe que o seu psicológico não está tão preparado quanto imaginava. O lugar continua igual. Descuidado, mas igual. A mesma porta de madeira e os mesmos muros brancos. Agora, um pouco cinzas, mas são os mesmos. Olha para as janelas, estão escuras e com as cortinas sujas. Antes, ficavam sempre acesas, prontas para te receber. Nesse instante, uma lembrança surge na sua mente...

“- Senhorita Lilith, eu sinto muito. Faz dois anos que não encontramos uma pista sequer. Talvez, o seu irmão não queira mesmo ser encontrado...”

Abaixa a cabeça e respira fundo.

- Impossível... – Murmura para si mesma.

- Onde você está, mano? – Olha para as estrelas, como se esperasse uma resposta.

De repente, escuta um barulho dentro da casa. Olha rapidamente para uma das janelas e nota um vulto caminhando pela sala.

O que você faz?

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #24: 9 de Julho, 2015, 21:47:09
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
Kasdrael


                Estranhou a mudança repentina, mas já estava se acostumando com toda aquela loucura, a voz era familiar, sua ex-namorada que havia o abandonado por motivos que ele até agora não entendia. Se possível, e se for caminho passará pela cozinha e pegará uma faca de corte, das grandes e irá em direção do grito, sorrateiramente. Sua expressão já não era mais a mesma, agora estava mais sereno diante da situação, parecia menos irritado, agora, mostrava toda a calma do mundo.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #25: 9 de Julho, 2015, 22:32:19
0
0
Off-topic: vocês querem me distrair com essas fotos bonitas ae, não conseguirão!

Ullr

Escuta o grito, seguido pelo barulho, e decide se proteger. Pega uma faca grande na cozinha e caminha lentamente até a sala. Finalmente, chega até o corredor, mas a cena o deixa extremamente confuso. Você está na sala, junto da sua ex-namorada. Ela está com o rosto machucado e um vaso está quebrado no chão.

- Como é possível? Eu estou me vendo... – Pensa, observando o casal.

- Eu não aguento mais! – Ela grita mais uma vez.

- Teve coragem de jogar esse vaso em mim?

O seu outro eu levanta o braço direito, ameaçando machuca-la.

- Vai! Bate de novo! Machuca o outro lado agora! – Ela vira o rosto, mostrando o lado que está ileso.

- Você...!

Um soco e a garota voa pelo chão. O sangue mistura-se às lágrimas. Nesse instante, uma névoa densa surge no local, espalhando-se pela sala. A sua ex-namorada está, sozinha, na sua frente, encarando-o.

- Está pronto para encarar os seus pecados? – Ela pergunta, olhando nos seus olhos. Você percebe que não é mais a mesma pessoa.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #26: 10 de Julho, 2015, 07:02:14
0
0
Off Topic: Que isso amor, só queremos deixar você inspirada 


    Mas o que? . Exclama assustada olhando pela janela, não pensou muito antes de agir, seu desespero por encontrar seu irmão, sua euforia do desconhecido e seu nervosismo por medo do mesmo não permitiram que sua mente raciocinasse muito. Ela se pós em pé e forçou a porta da casa para entrar e descobrir quem afinal poderia estar lá dentro .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #27: 10 de Julho, 2015, 08:32:18
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
Kasdrael

                - Sim, e está pronto para de fato presenciar ? - Ele lentamente se aproximou de sua ex-namorada e a esfaqueou no estômago por diversas vezes, fazendo o sangue jorrar em seu corpo. - Eu não entendia minha natureza, agora eu entendo. Eu só tenho que agradecer. - Jogava seu corpo contra o da sua ex-namorada, a derrubando no chão, continuando a esfaqueá-la, e lambendo o sangue dela que estava em seu corpo. Sua cabeça começava a girar em visões do seu próprio passado, estava em estase, adorou ter feito aquilo, era quase uma excitação, sua vida era tão artificial, uma falsa realidade, um choque com esta atual realidade despertou seu outro "eu", seu verdadeiro instinto.

                - Eu encaro muito bem meus pecados. - Finalizou, cheio de sangue, com o corpo inclinado um pouco para trás, com as mãos cheias de sangue e um corpo em sangue abaixo do seu.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #28: 10 de Julho, 2015, 10:15:25
0
0
Ullr

A partir desse post, você encontra-se na FASE NEGRA do jogo, ou seja, não tem mais escolha. Não conseguirá mais fugir dos seus inimigos, o dano será automático. O valor do dado definirá quanto de dano.
As dicas do Tiago Franck não serão mais livres, terá que pagar 5 pontos de vida por elas.

---- x ----

Num ato de insanidade, você ataca a pessoa na sua frente sem dó, desferindo-lhe várias facadas. O sangue jorra, espalhando-se pelo chão da sala. Uma verdadeira cena de filme de terror. Respira fundo e olha para o corpo, mas não encontra ninguém. Apenas sangue, muito sangue.

- Vejo que está pronto para receber sua sentença, não preciso mais testa-lo.

Um homem está no corredor, veste um terno vermelho, uma camisa e gravata pretas. Seu rosto é muito pálido e segura uma bengala na mão direita. É possível enxergar as veias de suas mãos.

- Aquele que aceita seus pecados, está pronto para sofrer por eles.

Ele bate a bengala uma vez no chão. O seu corpo começa a doer em partes que sequer sabia que existiam. Bate mais uma vez. Cada facada que deu em sua ex-namorada aparece em seu corpo, manchando-o de sangue.

- Você tem um pecado muito importante para pagar, mas não serei eu a cobra-lo. Espere ansiosamente, a pessoa está a caminho.

O som da bengala batendo no chão uma terceira vez faz os seus olhos arderem e suas orelhas sangrarem. Você desmaia.

[Você tomou dano, rolarei o dado para definir o valor – Agora, o dado é D10]

---- x ----

Japão, 2015, 12:15


Acorda zonzo, como se estivesse com uma ressaca horrível. Os seus olhos ainda ardem e a sua cabeça dói bastante. No instante em que decide se mexer, uma mensagem aparece no seu celular:

“Bom dia, Asura.

Sentindo muita dor?

Caso queira continuar a conversa de ontem, uma pessoa estará na sua porta em alguns minutos. Ela te conduzirá para um lugar especial.”

Rolled 1d10 : 6, total 6


Lilith

Você não pensa duas vezes, entra na casa para descobrir quem é a pessoa que está lá dentro.

- Será que é ele? – Os seus pensamentos voam com a possibilidade.

Rapidamente, abre a porta. Um barulho ensurdecedor por causa das dobradiças velhas. Olha ao redor, procurando algo que chamasse sua atenção, mas nada acontece.

É uma casa com estilo ocidental, as paredes estão pintadas com a cor creme. Você dá de cara com a sala, é grande e espaçosa. Poucos móveis. Uma televisão grande, uma mesa de centro e uma mesa de jantar. Um sofá de três lugares e outro de dois.

A cozinha é simples e pequena. Encontra o de sempre, um fogão, uma geladeira, uma mesa retangular, uma pia e alguns armários velhos. Na geladeira, um post it escrito: “Eu te amo, mas precisamos conversar. Por favor, me encontre à noite.”

Um lavado pequeno, apenas para visitas. Parece intocado, apesar da poeira.

O quarto é uma suíte, mas tem um estilo simples também. Apenas uma cama de casal, um armário, um gaveteiro e uma mesa de estudos com duas gavetas. Nela, encontram-se alguns papéis velhos e algumas anotações sem sentido.

O banheiro não tem nada demais, apenas uma marca de batom no espelho.

Parece que o vulto se escondeu em algum lugar da casa.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #29: 10 de Julho, 2015, 10:46:47
0
0
Kasdrael :

   Ah? . Ela observa a casa, parece que nada anda muito fora do normal do que a ultima vez que havia estado naquele lugar... a Mobilia... A simplicidade... Tudo presente no estilo do seu irmão. Seus olhos verdes correm rapidamente pelo bilhete na geladeira, o que acontecia na vida dele ? Porque ele havia sumido e a deixado ... Suspirou deixando a respiração relaxar, mas seus olhos não havia a enganado havia alguém naquele lugar e ela já estava ficando irritada... Quem está ai ? . Chamou com a voz alta virando na cozinha para ir verificar os outros comodos da casa, abrindo um armario aqui uma porta ali... Estava asssutada, com medo... Mas já havia cansado de ficar brincando de esconde esconde... Apareça


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #30: 10 de Julho, 2015, 11:09:51
0
0
Lilith

Enquanto procura o vulto, decide vasculhar alguns armários, mas não encontra nada. Exceto quando chega no quarto, encontra algumas fotos no gaveteiro. O seu irmão está ao lado de uma mulher muito bonita, parecem namorados. Isso a deixa ainda mais preocupada.

- Quem está aí? Apareça! – Grita para a casa inteira escutar.

De repente, o vulto aparece na porta do quarto e toma forma, parece o seu irmão. Exatamente do mesmo jeito, com a mesma expressão de sempre.

- Irmã... – Ele murmura, olhando nos seus olhos.

- Não tenho muito tempo, ele está atrás de mim. Escute minhas palavras: não confie em ninguém. Tem uma pessoa querendo te machucar, fique atenta, irmã...

Ele começa a desaparecer diante de seus olhos.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #31: 10 de Julho, 2015, 11:30:20
0
0
Kasdrael :

    . Mas o que é isso...? Ele não comentou nada de namorada. É tomada pelo susto e vira para a porta vendo seu irmão em sua frente, aquelas palavras... O que era aquilo ? . Mano mas o que... Não mano... MANO NÃO! . Ela tenta correr para alcançar ele antes dele sumir, como assim? O que estava acontecendo naquela merda de pais ??? .

    Alguém querendo me machucar... O que você quer dizer com isso... . Estava desesperada... O que iria fazer ? O havia encontrado, mas nada explicava, ele havia fugido de alguém, alguém que queria fazer mal a ela.. Então por que ele ?.


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #32: 10 de Julho, 2015, 11:58:13
0
0
Lilith

Desesperada, você corre na direção do vulto, que te pega nos braços e te olha com uma expressão triste.

- Irmã... não estou mais nesse mundo, mas continuarei te protegendo. Lembre-se: não confie em ninguém.

Ele desaparece por completo e você começa a se sentir zonza. Depois de uns segundos, perde a consciência e desmaia.

---- x ----

Abre os olhos lentamente e percebe que não está mais na casa de seu irmão, está numa floresta estranha. Vários papéis e placas estão presos nas árvores, parece que tem uma mensagem escrita em cada um deles. Você se levanta e percebe que tem uma pessoa na sua frente. É uma criança, aparenta 9 anos. Está com um vestido branco e sujo, com umas manchas vermelhas. O seu rosto e corpo também estão sujos, como se estivesse brincando na floresta. Ela segura um coelho que parece de pelúcia.

- Olá, quer brincar comigo? – Ela sorri, olhando para você.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #33: 10 de Julho, 2015, 12:37:00
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
                          Ele dessa vez ignorou o celular, deixando-o na cama, e foi até a cozinha, queria apenas testar algo. Pegou um facão e enfiou no próprio pescoço pescoço e retirou, fazendo isto novamente pelo menos mais duas vezes.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #34: 12 de Julho, 2015, 06:39:37
0
0
Kasdrael :

    . Levanta aos poucos com a mão na cabeça tentando se recuperar e lembrar de tudo que havia acontecido. Vai se pondo de pé observando as redores o local, não parecia com nada de que ela havia se lembrado ou passado... Talvez uma história que havia lido a muito tempo, automaticamente passa a mão pelo corpo para ter certeza de que estava bem e inteira até o momento que a voz lhe tira do seu mundo e a faz observar a criança, seus olhos a observam com cuidado tentando decifrar quem seria mas nada passa em sua mente a respeito disso . Brincar? . Ela começa a se irritar enquanto observa aquela criança, como ela havia vindo parar ali ? E que brincadeira era aquela... O que você tem haver com tudo isso? Responda... . Ela pergunta um pouco grossa e nervosa, estava cansada... Seu irmão havia morrido por algo que ela nem sabia o que era .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #35: 14 de Julho, 2015, 01:51:15
0
0
Ullr

Insatisfeito, você decide repetir sua insanidade e tenta se matar. A dor é horrível, mas nem tem tempo para analisa-la, perde sua consciência mais rápido do que imaginava.

---- x ----

Japão, 2015, 20:00


Dor. Uma dor insuportável em seu pescoço. Abre os olhos para ter certeza de que ainda está vivo. Uma pessoa está agachada na sua frente, é uma criança. Sua aparência é de, mais ou menos, 10 anos. Está com um vestido vermelho e uma faixa preta na cintura. Cabelos pretos e olhos vermelhos. Segura um gato preto em seus braços, parece de pelúcia.

 - Finalmente, você acordou, estava cansada de esperar. E, então, ainda quer se matar? – Ela tem um sorriso extremamente sádico, mas uma expressão fria.

- Tenho uma pessoa a sua espera, quer conhece-la ou não?

---- x ----

Lilith

A menina escuta sua pergunta e sorri.

- Eu só quero brincar, estou me sentindo sozinha, você não? – Ela olha nos seus olhos.

- Mas temos que brincar depressa, antes que ele chegue. – Olha ao redor, como se procurasse alguma coisa.

- Ele está por perto... e não gosta de pessoas como você. É melhor corrermos!

Você não tem tempo para responder, a menina simplesmente sai correndo na direção de uma trilha escura.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #36: 14 de Julho, 2015, 06:40:03
0
0
Kasdrael :

    . Fica confusa com as respostas da criança, novamente a menção a um "certo alguém" que "não gosta" de mim. A linha de pensamento que estava se formando é terrivelmente interrompida com a agilidade da criança de correr, ela observa por alguns milésimos de segundo, tinha de decidir rápido ficava... ou corria... Sua mente nem processou a ultima palavra e seu corpo já estava se movimento com a agilidade e energia que lhe era permitida para tentar alcançar a criança .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #37: 16 de Julho, 2015, 00:02:03
0
0
Lilith

Você pensa rápido e decide seguir a menina. O caminho é escuro, mas estranhamente não parece incomoda-la, sabe exatamente para onde ir. Depois de uns dez minutos, ela para.

- É aqui. – A menina fala e olha na sua direção.

Uma árvore enorme, a grama baixa, o silêncio mórbido e a escuridão. É tudo que consegue ver ou sentir agora.

- Ele me pediu para traze-la até aqui, disse que é um lugar importante.

A menina senta no chão e abraça forte o seu coelho.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #38: 16 de Julho, 2015, 12:59:45
0
0
Kasdrael :


    . Apoiava as mãos nos joelhos deixando-os meio dobrados para recuperar a respiração da corrida enquanto percebia que não estava mais cercada de coisas estranhas. Não teve medo durante aquele tempo todo ali, parecia algo quase que normal... Ela levanta as obres acompanhando o local, onde estava ? . Ele? Ele quem? . Sua voz estava calma agora, não adiantava se estressar ou tentar entender... Tinha decidido uma coisa enquanto corria, iria achar seu irmão... Ou o seu corpo, custe o que custar .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #39: 16 de Julho, 2015, 16:25:54
0
0
A menina olha para você, ainda abraçando seu coelho, e responde:

- Seu irmão. Ele me disse para cuidar de você e não deixar ninguém machuca-la. – Termina de falar e olha para os lados.

- Mas eu sinto que aquela pessoa está a caminho. – Seu tom de voz fica mais baixo.

- O Sr. Tinkles me disse que o seu irmão estava nessa árvore. Agora, ele está preso nessa floresta e você precisa encontra-lo. Rápido, antes que a pessoa o encontre primeiro.

Ela se levanta, ficando na sua frente. Finalmente, está mais próxima dela e consegue perceber que não é só a menina que parece estranha, o seu coelho parece de verdade.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #40: 17 de Julho, 2015, 19:31:45
0
0
Kasdrael :

    . Lilith observa a menina de perto, seus olhos, sua expressão e aquele coelho de "pelúcia". Seus lábios vermelhos naturais se curvam em um sorriso um pouco lateral, era possível que tudo não passasse de um sonho louco " Isso é um sonho Lilith" sua mente lhe enviava esse mantra e ela ia se acalmando, ergueu a mão e levou a cabeça da criança para fazer um pequeno cafuné . Obrigada, você fez um bom trabalho... . Volta sua atenção mantendo o corpo ereto olhando para a árvore, seja onde seu irmão estivesse iria encontra-lo e não iria medir esforços para isso nem que significasse encontrar a pessoa da qual seu amado irmão estava tentando protege-la. Ela vai se aproximando da árvore sem desviar os olhos para tentar encontrar alguma pista para onde ele poderia ter ido, alguma resposta .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #41: 19 de Julho, 2015, 18:57:39
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0

- Foi um momento de fraqueza, queria saber se já estava morto, ou se iriam me impedir, para continuarem a brincar comigo. E gostaria sim de conhecer, não tenho mais nada a perder, o medo já se foi, acho que apenas meu medo cometeu o suicídio, restou apenas o meu corpo. - Respondeu prontamente. Sua aparência estava de cansado, um pouco tonteado com tudo, passando um pouco mal, seu estômago embrulhado. Ficou louco ?

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #42: 19 de Julho, 2015, 21:02:43
0
0
Ullr

Ela escuta suas palavras e se levanta, ainda olhando na sua direção.

- Se é assim, siga-me, eu te levarei até lá.

Caminha para uma trilha escura, quase desaparecendo nas sombras. Você a segue, enquanto se pergunta se está ficando mesmo louco. Não é normal encontrar uma criança no meio de uma floresta aleatória.

Finalmente, chegam próximo de uma árvore grande, parece familiar.

- Chegamos.

A menina aponta para frente e você consegue enxergar duas pessoas ao longe, parece uma mulher e uma criança.

---- x ----

Lilith

Você toca a cabeça da criança e sente sua mão congelar. Continua afirmando que é um sonho e a agradece pela proteção. Aproxima-se da árvore, repleta de dúvidas, e procura por possíveis pistas. Fecha os olhos para pensar melhor e uma visão surge na escuridão: seu irmão enforcado nessa mesma árvore.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #43: 20 de Julho, 2015, 08:51:41
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0

Enlouquecendo pouco a pouco.
            Assim que a mulher some, e me aparece duas pessoas mais a frente, vou caminhando lentamente em direção a elas. Estou sem camisa, usando apenas uma calça jeans e um sapato. - Mais um devaneio? - Seu cabelo ia até o ombro, liso, um pouco bagunçado pelo fato dos ocorridos ultimamente, era um japonês.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #44: 20 de Julho, 2015, 16:39:12
0
0
Kasdrael :


 . Aquela visão... O Corpo dele pendurado pela corda ali onde ela estava... Seus joelhos cedem e ela cai ao chão com as mãos apoiadas na grama, abre os olhos, o verde deles eram escuros devido a grande quantidade de lagrima que se juntava, elas desciam pelo seu rosto agora mais pálido que o normal caindo gota após gota na grama embaixo de seu corpo. Ele estava... realmente... morto? . Não... . Primeiro ela sussurra apenas para si balançando a cabeça, e enxurrada de cabelos vermelhos sangue balançavam e ela lembrava mais uma vez de seu irmão e daquela visão horrenda . N...NÃOOOOO . Por fim sua voz sai como uma sirene de desespero a todo pulmão em sua língua natal, Inglês, levantando o rosto totalmente coberto de lagrimas para o topo da arvore como se pudesse aquilo aliviar a dor que agora sentia a cada fibra de seu corpo, os lábio inferior eram mordido tão forte que um filete de sangue saia lentamente correndo pelo queixo, o que iria fazer agora? Estava sentada na grama, usava uma saia preta pregueada curta que mostrava as coxas, a blusa de gola alta branca colada ao corpo torneando-o, os cabelos caiam até abaixo da cintura, era branca como um papel, estava claro que ela não era dali .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #45: 22 de Julho, 2015, 20:27:37
0
0
Lilith

Você senta na grama e tenta organizar seus pensamentos. Apenas uma pergunta aparece: era mesmo o seu irmão naquela árvore?

- Eu cumpri minha missão. Agora, você precisa encontrar a sua.

A menina olha nos seus olhos e seu pequeno corpo começa a desaparecer. Nesse instante, ela aponta na direção de uma trilha. Nela, é possível enxergar um homem e uma menina caminhando na sua direção.

---- x ----

Ullr

Você observa as duas pessoas na sua frente e percebe que o que era dois, virou apenas um.

- Eu cumpri minha missão. Agora, você precisa encontrar a sua.

A menina olha nos seus olhos e seu pequeno corpo começa a desaparecer. Nesse instante, ela aponta na direção da pessoa que está logo a frente.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #46: 25 de Julho, 2015, 03:47:48
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0

- Quem é você ? - Comentou o oriental, com uma expressão indiferente, como se nada mais fosse uma novidade. Apesar da falta de surpresa, ele havia notado que algo parecia diferente desta vez, mas nada que o colocasse em um ar de medo, ou de algo do gênero, apenas de curiosidade.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #47: 25 de Julho, 2015, 13:20:08
0
0


LILITH BASKERVILLE


    . Seus olhos se mantiveram na direção do homem sem mover até o momento em que ele estava próximo o suficiente para que a mulher pudesse identifica-lo, ela levantou-se da grama caminhando os passos restantes até restar menos de 30 cm entre os dois, ela levantou o rosto para observa-lo de perto, ela baixa, e ele via claramente que ela não era Japonesa, seu rosto estava inchado das lagrimas que ainda escorriam pela pele palida deixando-a molhada . Foi você? Foi você que matou meu irmão? . Sua voz era tremida em um japonês com um pouco de sotaque, se restava alguma dúvida que ela não era Japonesa estava ali. Ergueu a mão como se fosse toca-lo mas logo a recolheu para o próprio rosto passando com força pelas bochechas tentando impedir que as lagrimas continuassem a rolar .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #48: 26 de Julho, 2015, 00:21:08
0
0
Ullr , pode continuar a cena.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #49: 30 de Julho, 2015, 22:25:57
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0

- Não se ignora uma pergunta e se faz outra. - A mulher sequer o ouviu e já veio lhe acusar de algo, mas que diabos? Não parecia como os outros "fantasmas". - E se foi eu? Faria diferença este pedaço de carne podre estar vivo ou não ? Você sabe onde você está ?Sabe se o que está vendo é verdadeiro ou falso? Porque está esperneando que nem uma criança? - Era direto ao ponto, já passou pela fase mais sentimental.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #50: 31 de Julho, 2015, 02:40:03
0
0
Lilith , pode continuar a cena.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #51: 31 de Julho, 2015, 21:00:51
0
0


LILITH BASKERVILLE


    . Os olhos de Lilith abriram e fecharam lentamente enquanto a mulher ainda encarava a face daquele ser que acabara de aparecer em sua vida... Que merda era tudo aquilo que ele estava falando? Falando como se entendesse tudo, como se fosse superior ao sofrimento de qualquer pessoa. Ela fechou o semblante o que causou o cerrar de seus olhos verdes tornando-os mais escuros, seus braços agora caiam ao lado de seu corpo e os cabelos vermelhos longos rodeavam seu rosto... Ela estava irritada com aquilo tudo, em alguns tempos atrás estava feliz entrando naquele Pais, achava que poderia ser feliz ali com seu irmão... E então tudo desmoronou, antes nunca tivesse saído do Reino Unido . Porque não me importa em que merda de mundo me enfiaram... Meu irmão é a unica coisa que me importa e eu vou encontrar, mesmo que seja ele apenas uma carcaça moribunda comida por corvos, e você seja quem for não vai me impedir disso... E se você foi aquele que fez isso, irei transforma-lo na mesma pele morta que meu irmão possa estar se tornando... . Ela estava séria, sua sanidade passava do nível normal... Ela não mais respondia por uma professora de arquitetura da Universidade de Tokyo... Ela o observou um pouco mais, não parecia ser quem aquela criança que acabara de desaparecer de sua vista . Me chamo Lilith Baskerville... . Ela resolve responder depois de alguns minutos a primeira pergunta que ele havia feito . E você?


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #52: 31 de Julho, 2015, 21:12:42
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0

- Agora você tem um nome, me chamo Asura. Ocidentais sempre estressados e chorões, como se fossem ainda o topo da cadeia humana. Acha que só você está tendo perdas? que só você tem o direito de sofrer ? Só você tem algo importante que queria proteger e não tem mais em suas mãos ? Coitadinha. - Ele abre os braços, olhando para a mulher. - Então vem me fazer virar uma pele morta, não é este o sentimento que passa em sua cabeça ?Acabe com sua raiva, vamos lá, desconte o ódio que está sentindo agora. Ninguém está vendo, seu irmão clama por vingança. - O homem a encarava, aguardando a posição da mesma, mantendo seus braços abertos.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #53: 31 de Julho, 2015, 21:38:56
0
0
Como estarei ausente sábado e domingo, podem continuar a cena. Domingo à noite, eu volto e coloco os dois no caminho certo, rs...

Lilith , pode continuar a ação.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #54: 1 de Agosto, 2015, 07:56:38
0
0


LILITH BASKERVILLE

    . Ela o observou calmamente, essa não seria a ação de alguém que havia feito o que fez, relaxou um pouco seus músculos o observando, era patético . Se quer morrer faça você mesmo... Não tenho motivos para te matar... E você não tem para me insultar, depois nós que somos racistas... Quem matou meu irmão não teria uma atitude tão patética . Ela comenta ainda o observando com cuidado e curiosidade, atenta as ações dele .
« Última modificação: 1 de Agosto, 2015, 08:07:04 por Lilith »


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #55: 3 de Agosto, 2015, 11:08:51
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Está dizendo isto porque realmente acredita, ou porque lhe ofendi e está usando um sistema defensivo para mostrar que não foi abalada por minhas palavras ? Existe uma diferença dos que matam e se escondem, para os que matam e não se importam em assumir. - Ele faz uma pequena pausa, analisando a aparência da mulher, pensando de que país ela poderia ser. - Talvez quem matou ele tenha sido você mesma, já parou para pensar? Você está em um mundo que perturba sua cabeça, onde as coisas mudam, pessoas aparecem do nada, já pensou em você ter enlouquecido e ter matado seu irmão e agora dentro do seu subconsciente você tenta achar um culpado, que não seja você mesma ? - Ele fechou os braços e se aproximou, ficando cerca de dois metros de distância.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #56: 3 de Agosto, 2015, 12:49:56
0
0


LILITH BASKERVILLE


   Eu realmente acredito... . Ela suspira por fim antes de voltar a ouvir as palavras dele. Seria uma possibilidade? Voltou a imagem de seu irmão pendurado sobre o tronco enforcado, aquela mesma árvore que se encontrava atrás de si. Pós os dedos entre os cabelos ruivos pressionando-os entre eles puxando um pouco forte como se tentasse manter o corpo em pé, estava se sentindo enjoada com aquele pensamento... Sua outra mão foi para seu estomago como em uma tentativa de manter o que havia comido.... Alias, ela não se alimentava a dias... Ergueu o olhar para ele, os azuis dela o questionava . Diz isso por experiência própria ? Achou que alguém havia morrido e estava sendo perseguido por desconhecidos que queriam te matar, viu seu irmão em sua frente a dizer que era para fugir que tinha alguém que iria lhe alcançar e provavelmente levar a sua morte e então descobre o lugar onde o corpo dele supostamente foi enforcado ? Isso se passou com você também Asura ? . Sua voz era forte, mas não o estava acusando ou sendo grossa, precisava saber se aquela história havia passado com outra pessoa... Se aquilo era mesmo possível, de que ela havia enlouquecido e matado o único que amava. Pós a mão a frente dos lábios, ainda estava enjoada, ou era fome, seus olhos estavam fixos ao dele, e devido a pouca distância ela mantinha a cabeça erguida para olha-lo .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #57: 3 de Agosto, 2015, 13:03:15
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Você tem alguma noção de onde esteja ? Não imagina nem um pouco que eu seja fruto de sua cabeça ? E que você está sendo julgada pelos seus atos cometidos em vida ? Você matou seu irmão, não consegue lembrar ? Acha mesmo que você amava tanto assim seu irmão ? - Ele foi caminhando até em direção ao corpo, ficando me próximo a ponto de quase conseguir tocá-lo.

- Eu não tenho família, não tenho mais nada, só sou eu. Eu existe e ao mesmo tempo não existo.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #58: 3 de Agosto, 2015, 13:10:41
0
0
   E tem os olhos da morte... . Ela comenta por fim, não havia quase distância entre eles, os braços da jovem já caiam pelo corpo, mas seus olhos ainda eram firmes... Aquilo não era meramente ilusão e ele estava em um papel igual ao seu... Ou não... Ela ergueu a mão não precisou de muito e tocou o tórax do homem e olhando para o lugar onde havia tocado, não era gelado como a menina que a havia levado até ali... Era humano . Você não é um deles... . Ela disse por fim e suspirou subindo os olhos azuis para ele e o observando, respirava normalmente, estava mais calma assim como seu estomago, mas ainda iria descobrir o que estava acontecendo, era ridículo aceitar aquilo daquela forma .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #59: 3 de Agosto, 2015, 13:17:53
  • beyond Masculino

  • ▌║││║█║▌║│█
  • Médio
0
0
- Não, não sou. Mas estamos aqui porque cometemos coisas não muito bonitas, e querem nos punir por isto, querem que aceitemos nossos pecados. Não acha conveniente isto com o fato do seu irmão estar morto ?Porque veria ele morto se você não tem culpa nisto ? - Ele fechou os olhos por um breve segundo, deixou que ela conferisse se ele era ou não um humano, seu sangue e pele quente mostrava que ainda de fato estava vivo. - Eu não entro mais em desespero, eu aceitei tudo isto, e nunca fui uma pessoa boa, reconheci meu lado escuro, e reconheci meus erros, você deve também reconhecer os seus, tente lembrar, algo você fazia, ou fez antes de acordar nesta loucura! - Enquanto falava, ia agora andando para as costas da mulher, falando quase que em sussurros.

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #60: 3 de Agosto, 2015, 14:31:02
0
0
Enquanto os dois discutem, alguém observa cada segundo da conversa. Uma risada sarcástica e a menina de vestido vermelho aparece na sombra de uma das árvores. Distante, as duas pessoas sequer a percebem.

- Sinto que está na hora de deixar a conversa mais divertida, não acha? – Uma voz grossa se dirige a menina.

- Eu também acho, mestre. Antes que aquele rapaz insuportável apareça novamente e atrapalhe os nossos planos. – Sua voz delicada torna-se áspera.

- Deixe-o tentar, é apenas uma brisa no meio da tempestade. Temos é que dar um jeito na sua irmã gêmea, vá atrás dela.

- Seu pedido é uma ordem, mestre.

- Deixe os dois comigo. – Mais uma risada sarcástica.

---- x ----

Ullr

Num tom ácido, você enche a cabeça da garota de perguntas:

- Mas estamos aqui porque cometemos coisas não muito bonitas e querem nos punir por isto, querem que aceitemos nossos pecados. Não acha conveniente isto com o fato do seu irmão estar morto? Por que veria ele morto se você não tem culpa nisto?

- Eu não entro mais em desespero, aceitei tudo isto, e nunca fui uma pessoa boa, reconheci meu lado escuro, e reconheci meus erros, você deve também reconhecer os seus, tente lembrar, algo você fazia, ou fez antes de acordar nesta loucura! – Continua, enquanto caminha ao redor dela, sua voz é quase um sussurro.

Espera a resposta da garota, mas recebe outra no lugar:

- Então, reconheceu os seus erros? Mentira, nem chegou perto deles ainda. Como reconhecer algo que nem sabe o que é? – Não consegue identificar aonde está a pessoa, mas é a voz da criança que te indicou o caminho pela floresta.

- E essa mulher... já sabe quem é? Aconselho a procurar...

Sente um calafrio subir dos seus ombros até o pescoço, uma sensação muito ruim.

---- x ----

Lilith

- Mas estamos aqui porque cometemos coisas não muito bonitas e querem nos punir por isto, querem que aceitemos nossos pecados. Não acha conveniente isto com o fato do seu irmão estar morto? Por que veria ele morto se você não tem culpa nisto?

- Eu não entro mais em desespero, aceitei tudo isto, e nunca fui uma pessoa boa, reconheci meu lado escuro, e reconheci meus erros, você deve também reconhecer os seus, tente lembrar, algo você fazia, ou fez antes de acordar nesta loucura! – Continua, enquanto caminha ao redor dela, sua voz é quase um sussurro.

Todas as perguntas deixam sua mente atordoada. Pensa se é possível mesmo que tenha matado o seu irmão. Nesse instante, uma voz murmura no seu ouvido direito:

- Ele está aqui, está ouvindo toda a conversa. Esse homem que está na sua frente é perigoso, fuja. Logo, alguém aparecerá para machuca-los, fuja e deixe-o para morrer. – Percebe que a voz delicada parece com a da menina que te ajudou a encontrar a árvore, mas algo está diferente. O que será?

Re: História 4 [ASURA E LILITH]
Resposta #61: 6 de Agosto, 2015, 09:01:47
0
0
 


LILITH BASKERVILLE

    Não... Não vou deixar que mais ninguém morra... . Ela diz em resposta a voz em sua mente, com a movimentação, as vozes, era bem capaz de que estava realmente enlouquecendo e que logo ela poderia realmente já estar louca e ter matado mesmo seu irmão. Não era tempo de pensar naquilo, tinham de sair dali... Você... Se ainda não morreu é porque tem algo que precisa fazer... . ela vira de lado olhando-o nos olhos . Me ajude... . Pede em suplicia, podiam ser loucos, os dois.... Mas ao menos não estariam sozinhos mais . Mas antes, vamos fugir... Alguém esta vindo. Mesmo que queira ficar aqui e morrer, peço que não faça isso, eu preciso de sua ajuda Asura . Ela diz por fim de sua suplicia, mas não espera muito pela resposta dele, pegando-o de surpresa ela o segura pelo pulso e começa a correr na direção oposta a que ela veio, diferente da que ele surgiu ela corre para uma direção aleatória qualquer arrastando-o com o que tem de forças ainda, precisavam sair dali... O mais rápido possível, ela não iria morrer... Não até que descobrisse quem estava por trás daquilo tudo .


   

A Jasmy passou por aqui. 8D