Ei Visitante, você mesmo! Que tal ser entrevistado? Ah, já foi?  Não tem problema, inscreva-se de novo!

23 de Maio, 2019, 05:40:37

Autor Tópico: Eternamente (AirTv)  (Lida 241 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Eternamente (AirTv)
: 5 de Março, 2015, 22:10:31
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
1
0
  Não sei quem aqui já assistiu a este anime, se não assistiu ainda, eu recomento, é um anime muito lindo apesar de curto.
  Bom quem já assistiu a de concordar que, mesmo o anime sendo triste, o final foi de cortar o coração. Eu amei a Misuzu e o Yukito desde a primeira vez que os vi juntos e sempre torci para que ao final conseguissem superar suas dificuldades e ficar juntos, mas infelizmente não foi o que aconteceu. Foi por isso que criei essa fanfic, não só por mim, mas por todos os fãs de AirTv, por todos que acreditaram no amor e na felicidade que só conseguiriam estando um ao lado do outro.
   Bem espero que gostem da história e deixem seus comentários por favor, isto é muito importante para qualquer escritor. ^^



Era final de tarde, estava na praia observando uma mulher chorando com uma garota em seus braços. Um homem em pé, observava a cena com lágrimas nos olhos. Eu conheço aquela pequena garota, ela me acolheu, eu, um simples corvo que sequer conseguia voar, mesmo assim, foi ela quem acolheu-me, cuidou de mim e me sorriu.

Agora, ali estava ela, caída e sem vida. Veio-me uma enorme vontade de chorar, não entendia o motivo. Chego mais perto, lentamente, observo-a e então percebo que já havia visto-a antes, mas onde? Quando a vislumbrei anteriormente?

Mesmo depois que ela se foi, continuei ali. Fiquei a pensar nela, naquela jovem garota, tão linda e gentil, alguém que esteve sempre a sorrir. sempre? Não, nem sempre. Recordo-me de tê-la visto chorar, uma, duas, inúmeras vezes, e eu estava lá, abraçando-a, mas eu era um homem, um humano e ela chamava-me de Yukito.

- Corvo-san, não precisa mais ficar aqui, Misuzu se foi e agora você deve ir também, deve voar pelo céu e cuidar dela por mim. – Uma mulher se aproxima sorrindo e tirando-me de meus devaneios. Olho atentamente para o céu e vejo uma pequena pena branca caindo. Parece a pena de um anjo, um pequeno anjo... MISUZU! Finalmente, finalmente me recordo. Eu sou Yukito, um simples viajante que só soube o que é amar após ter te conhecido, Misuzu.

– Voe, voe bem alto e encontre Misuzu por mim. – Ela sorri de forma gentil. Haruko, sim, este é seu nome, o nome da mãe do meu anjo. Sem pensar duas vezes, levanto voo. Voo o rápido possível para te encontrar. Misuzu, onde está você, Misuzu? O desespero toma conta de mim. Procuro em todas as direções, então, por fim, vejo você, estás voando calmamente pelos céus.

Voo mais rápido ainda até conseguir alcançar-te, não como o corvo Sora, mas como o homem Yukito. Finalmente te encontrei, meu amor. Sem pensar duas vezes te abraço o mais forte possível. Você está chorando, por que estás chorando? – Misuzu...

- Yukito-san... – Você me abraça, apoia sua cabeça em meu peito e continua a chorar. – Yukito-san, senti tanto sua falta. Achei que tivesse me deixado, que tivesse ido embora para nunca mais voltar...

Acaricio seus cabelos e então seguro delicadamente seu queixo fazendo-a olhar em meus olhos. –Nunca te deixaria minha pequena. Nunca vou te deixar, estarei para sempre ao seu lado. – Acaricio seu rosto secando suas lágrimas e então, sem mais conseguir me conter, tomo seus lábios em um rápido, porém apaixonante beijo.

Você me olha com o rosto levemente corado e diz aquilo que tanto ansiei por ouvir. - Yukito-san, eu te amo! Te amo desde a primeira vez que te vi.

Sorrio-te de uma forma amável enquanto te envolvo em meus braços. – Eu também, te amo mais que tudo, Misuzu. Estarei sempre ao seu lado, onde quer que você vá. Te amarei eternamente, meu pequeno anjo. – Beijo-te novamente, mas agora demoradamente, enquanto te acaricio, e assim, selo minha promessa de contigo estar, não somente nesta, mas em todas as outras vidas que estão por vir, eternamente ao seu lado...
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: Eternamente (AirTv)
Resposta #1: 7 de Março, 2015, 05:35:35
  • Jungon Masculino

  • Dono do Café
  • Administrador
  • Deus
1
0
Eu vi Air TV já faz 9 anos, então não lembro mais da história, nem dos personagens, nem de praticamente nada além da Misuzu >DD então não sou tão bom pra dizer algo +DD mas achei o texto romântico de certa forma, e condizente com o pouco que eu lembro (apesar de não saber mais quem é o corvo-san), sorry x.x X'D
*Jungon* kawaii lover ^__^ if I was a rich girl, nanananananananananananananana.. ♫







Dai-Yoh, meu sentai :3 Episódio novo quando eu puder voltar a escrever... i.i

Re: Eternamente (AirTv)
Resposta #2: 7 de Março, 2015, 12:08:49
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
A Misuzu encontra o Corvo logo depois que o Yukito se sacrifica por ela. Ao modo como o Corvo age e pensa, dá a entender que ele é o próprio Yukito. De qualquer forma, você devia rever o anime, ele é lindo e pequeno, acho que vale a pena. Eu mesma já assisti umas cinco vezes. ^^'


Eu pretendia que o testo fosse sim romântico, mas nada extravagante ou exagerado, queria algo mais leve. Não sei se consegui atingir meu objetivo, mas espero que sim.


Eu fiz o testo usando o final do anime. É como se ocorresse logo após a morte da Misuzu.


De qualquer forma, muito obrigada por ter lido Jungon-dono. ^^
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3

Re: Eternamente (AirTv)
Resposta #3: 15 de Março, 2015, 17:39:11
0
0
A misuzo era muito meiga ^^
Eu chorei no final ^^

Ficou boa a tia, escreve bem.

Re: Eternamente (AirTv)
Resposta #4: 15 de Março, 2015, 18:02:44
  • Maya Feminino

  • E eu ainda vou ser um inverno frio, para que o sonho que vivemos, nunca derreta.
  • Especial
0
0
Obrigada sobrinha :3
Ruby-chin, a deusa do amor


Meus pokémons <3